Mulher é presa com skunk, embalado para a venda, na zona Norte

mulher presa com drogas na zona leste
mulher presa com drogas na zona leste
mulher presa com drogas na zona norte

Maria Nazidi Ramos do Nascimento, 31, foi presa por policiais civis do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) nesta segunda-feira, 28, por volta das 13h, no apartamento em que ela morava, localizado na Rua Marubo, em um conjunto habitacional no bairro Santa Etelvina, zona Norte da cidade. Com ela foram apreendidas drogas prontas para serem comercializadas.

Conforme o delegado do Denarc, Thyago Tenório, há uma semana os policiais receberam denúncias anônimas que informaram sobre a comercialização de entorpecentes, no local. Desde então, eles iniciaram as investigações que culminaram na prisão da mulher e na apreensão das drogas.

“Diante das informações, deslocamos uma equipe para fazer a averiguação. Hoje, no momento que eles chegaram ao local, encontraram a porta do apartamento aberta e viram as trouxinhas em cima de uma mesa, na sala. Diante disto, eles questionaram Maria sobre o material e ela autorizou a entrada deles no apartamento”, informou Tenório.

Ao todo foram apreendidas 187 trouxinhas e três porções maiores de substância com aparência de maconha, do tipo skunk. Parte do material foi encontrada em cima de uma mesa e outra parte estava escondida atrás de um roupeiro. No local, os policiais encontraram ainda uma balança de precisão, tesoura e a quantia de R$8 em espécie.

“Esse tipo de apreensão chama a atenção pelo fato da droga já está embalada para ser vendida. Iremos continuar investigando, a fim de chegarmos ao grande fornecedor destes pequenos traficantes. Portanto é importante que a população continue denunciando”, ressaltou a autoridade policial.

Maria foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e petrechos. Ao término dos procedimentos legais ela será encaminhada para o Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), localizado no quilômetro 8, da Rodovia BR-174, onde deverá permanecer à disposição da Justiça.

Amazonianarede

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.