Moradores da zona oeste são beneficiados com serviços sociais e jurídicos do Governo do Amazonas e da OAB

Diversos serviços jurídicos e sociais gratuitos beneficiaram os moradores do bairro de Santo Antônio e adjacências nesta quinta-feira, dia 8 de agosto, com o mutirão social promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB/AM) em alusão ao Dia do Advogado, que é comemorado no dia 11 de agosto.

A ação foi realizada no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, localizado na zona oeste de Manaus.
O evento contou com o apoio da Ouvidoria-Geral do Governo do Amazonas que disponibilizou serviços de cidadania, como emissão de carteira de trabalho, primeira e segunda vias de RG, CPF, educação para o trânsito, atendimentos oftalmológicos, entre outros.

A mobilização teve a presença da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS) e primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz, que enfatizou o apoio dos diversos órgãos envolvidos na programação.

“Essa ação está de parabéns porque uniu diversas secretarias para fazer esse trabalho que ajuda muitas pessoas a terem acesso a serviços que muitas das vezes não possuem recursos para realizar, como é o caso de atendimentos com advogados. Todo trabalho social que você faz com dedicação é bem vindo porque supre aqueles que necessitam de ajuda”, disse.

Conforme a presidente da Comissão de Advocacia de Projetos Sociais da OAB, Natividade Magalhães, o trabalho social contou com a participação de 50 advogados que atenderam a população nas mais diversas áreas do Direito. “Os advogados atenderam em todas as áreas da advocacia, com acompanhamentos do começo ao fim em cada caso proposto pelos beneficiados. Mas vale ressaltar que a OAB realiza durante o ano esses atendimentos jurídicos em parceria com escolas e centros comunitários, sem fins lucrativos”.

Universidade Cidadã – Os beneficiados também receberam atendimentos na área da saúde por meio do projeto Universidade Cidadã da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), com orientações para uma boa higiene bucal, aferição de glicose e pressão arterial. O projeto tem o objetivo de desenvolver atividades de promoção à saúde nas comunidade da capital com o apoio dos acadêmicos da Escola Superior de Ciências da Saúde da UEA.

A dona de casa Maria Regina dos Santos, 32, levou suas três filhas para receberem a aplicação de flúor. Ela disse que as instruções para uma boa saúde bucal foram importantes para toda a família. “Foi muito boa essa orientação porque quase não temos acesso a isso e sei que, a partir de agora, vamos saber cuidar melhor de nossa saúde”.

(Fotos: Herick Pereira)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.