Ministro Raupp participa de reunião sobre Plano Norte de CT&I em Manaus

Marco Antonio Raupp
Marco Antonio Raupp
Manaus – O Plano de Ciência, Tecnologia e Inovação para a região Norte (que está sendo chamado de Plano Norte de CT&I) será a pauta única da reunião extraordinária conjunta dos secretários de Ciência, Tecnologia e Inovação e dos presidentes de Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa da região Norte. 

O evento deverá contar com a presença do ministro de CT&I, Marco Antônio Raupp, e acontece na próxima segunda-feira, 29 de outubro, das 9h às 12h, no Palácio Rio Branco (avenida 7 de Setembro, na Praça D. Pedro II, Centro, zona sul, no antigo prédio da Assembleia Legislativa do Amazonas).

“Nosso principal objetivo é fazer algo ousado, que tenha uma perspectiva de 30 anos e que fique de legado para as novas gerações”, comentou o presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti) e secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Odenildo Sena.

De acordo Sena, na última visita do ministro a Manaus, alguns aspectos do Plano foram discutidos e ele mostrou interesse em colaborar. “E pediu que, quando retornasse à cidade novamente, fosse feita uma reunião sobre o assunto. Já tivemos reuniões com o secretário executivo do MCTI (Antônio Elias), mas, essa será a primeira com o próprio ministro sobre o plano”, disse.

Reunião com o BID – Segundo o secretário de CT&I do Amazonas, no mês de novembro, serão realizadas mais duas outras reuniões, em Brasília, sobre o plano. O primeiro encontro deve ser no dia 7 com um representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O objetivo é tratar sobre a possibilidade de financiamento por parte do BID para determinadas ações do Plano Norte de CT&I. A outra reunião, já no dia 9 de novembro, será entre os secretários de CT&I da região.

Plano Norte de CT&I – O Plano Norte de CT&I tem por finalidade inserir a região em uma matriz de desenvolvimento, baseada na economia verde do conhecimento e com foco em recursos renováveis. O Centro de Gestão e Recursos Estratégicos (CGEE), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, será o responsável pela elaboração do estudo que subsidiará a formulação do programa, a ser idealizado de maneira a atender às demandas dos Estados e a potencializar as suas vocações.

(Por:Agecom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.