Manaus terá o Museu Navegação da Amazônia no 1º semestre de 2013

Amazonianarede – Somar

Manaus – A capital amazonense que tem como maior elo de ligação com os municípios do Estado, com milhares de pequenos, grandes e médios barcos navegando diuturnamente pelos rios Amazonas, Negro, Solimões, Purus, Japurá e afluentes, a partir do próximo ano passará contar também cum o Museu da Navegação da Amazônia, parte da vida e da cultura do povo desta rica região, de muitos e caudalosos rios, inteiramente navegáveis.

A inauguração de mais essa instituição cultura na capital amazonense deverá ocorrer ainda no primeiro semest5re de 2013.

De acordo com o projeto, será um museu literalmente conceitual, que tenha uma grande e imediata relação com a sociedade e nasce de uma iniciativa da Sociedade Amigos da Marinha com o apoio do 9º Distrito Naval, sediado em Manaus.

Todo esse projeto de montagem do Museu da Navegação da Amazônia está sob a responsabilidade da O a cargo da Museóloga Vera lúcia Ferreira e da Técnica em Assuntos Culturais, Cléia Viana.

A casa onde será instalado o “Museu da Navegação da Amazônia” já foi adquirida. O espaço está situado próximo ao Comando do 9º Distrito Naval, na Rua Bernardo Ramos – Centro.

MEMORIAL DA NAVEGAÇÃO DA AMAZÔNIA

O Museu da Navegação da Amazônia, a ser instalado em Manaus, terá algumas semelhanças com o “Memorial Amazônico da Navegação”, em Belém.

Esse importante centro cultura na capital marajoara, foi visitado recentemente pela museóloga Vera Lúcia Ferreira, com objetivo de agregar conhecimentos que deverão ser aplicados no Museu amazonense que contará a história da navegação em nossa região.

O projeto arquitetônico, em fase de execução, está sob a responsabilidade do arquiteto Sérgio Andrade.
O projeto arquitetônico está em processo de confecção pelo arquiteto Sérgio Andrade. Recentemente, a museóloga Vera lúcia Ferreira foi até o “Memorial Amazônico da Navegação” do Mangal das Garças, em Belém, para agregar conhecimento ao projeto que fará em Manaus.

EM CONSTRUÇÃO

Todo o acervo que comporá, pelo menos de início o Museu, está sendo cuidadosamente construído e pesquisados, dentro do conceito de “Museu Conceitual” pela museóloga Vera Lúcia Ferreira, que tem se dedicado muito a esse arrojado projeto cultura.

Um dos principais objetivos do Museu da Navegação da Amazônia, segundo explicou Vera Lúcia, será atender plenamente os novos caminhos da museologia no mundo, hoje não mais tendo como base um museu de objetos e sim para a sua relação imediata com a sociedade e será esse o caminho que começa a ser seguido pelo Museu da Navegação da Amazônia, ainda em estado de gestação.

O acervo do Museu projetado para o Amazonas está sendo construído, pesquisado e servirá de apoio a essa proposta de um museu conceitual. “O objetivo é atender à nova perspectiva da ‘Museologia Internacional’, que não se baseia mais no conceito do museu voltado para objetos e sim para a sua relação imediata com a sociedade”, explicou a museóloga.

O “Museu da Navegação da Amazônia” está previsto para inaugurar no início de 2013.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.