Manaus continua em estado de emergência devido ao Zika

Manaus, continua em estado de emergência, devido ao Zika

 

Manaus, continua em estado de emergência, devido ao Zika
Manaus, continua em estado de emergência, devido ao Zika

Manaus,, AM – Como o mosquito continua agindo de forma dinâmica inda  capital,  a Prefeitura de Manaus, resolveu estender o decreto que determinou situação de emergência devido aos casos do vírus da Zika registrados no estado e na capital. O anúncio foi publicado no Diário Oficial de quarta-feira (1º).

De acordo com a Prefeitura, o Zika  preocupa por estar relacionado ao aumento de casos de microcefalia. A cidade tem um caso confirmado de microcefalia relacionada ao vírus. Manaus contabiliza 1.391 casos confirmados de infecção pelo zika,  entre eles, 233 registrados em mulheres grávidas.

Segundo o último Levantamento Rápido de Índice do Aedes Aegypti (LIRAa) Manaus foi classificada com o índice de médio risco – 1,4% (índice predial), mas que há bairros localizados na Zona Leste na condição de alto risco.

“Fica declarada a existência de situação anormal caracterizada como ‘Situação de Emergência’ no Município de Manaus, em razão da Epidemia por Doenças Infecciosas Virais, pelo período de 180 (cento e oitenta) dias”, diz o comunicado.

Situação de emergência

A situação de emergência em Manaus foi decretada pela primeira vez em dezembro de 2015 emergência em razão da Epidemia por Doenças Infecciosas Virais, em especial às de transmissão pelo mosquito Aedes aegypti. A situação de emergência teinha vigência pelo período de 180 dias.

O decreto autoriza a adoção de medidas necessárias à situação e autoriza, também, que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) adote ações à prevenção de iminente epidemia nos termos e diretrizes fixadas pelo Ministério da Saúde.

Amaznianarde

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.