Governo do Amazonas entrega equipamentos para pessoas com deficiência visual

(Foto: Arquivo/Policlínica Codajás)

A Policlínica Codajás, unidade do Governo do Amazonas, realizou nesta quarta-feira (23) a primeira das quatro sessões de entrega de equipamentos de auxílio a pessoas com deficiência visual, previstas para ocorrerem até a primeira semana de novembro.

Neste primeiro dia, foram concedidos 30 óculos a usuários da rede estadual de saúde, inscritos no Programa de Atenção Integral a Deficientes (Paid). A unidade de saúde vai conceder ainda outros 55 óculos e 62 bengalas articuladas, em sessões programadas para os dias 30 e 31 de outubro e 6 de novembro.

A agente de limpeza Rosa Maria Lopes Costa, 47, um das beneficiadas com a entrega, recebeu, pela primeira vez, um equipamento dispensado pelo Paid. Ela comemora o fato de não ter precisado destinar parte do seu limitado orçamento para adquirir o produto no comércio local. “Estou feliz porque me inscrevi no Programa em setembro e já recebi o equipamento. Isso é muito bom, pois não tenho dinheiro para comprar os óculos”, disse a agente de limpeza, que começou a utilizar o item há quatro anos. Conforme a beneficiada, seus primeiros óculos custaram uma média de R$ 800, recurso que ela não dispõe.

Diferente dela, o agente administrativo Ismael Porfírio de Souza, 56, já conhece a rotina e os procedimentos do Paid. Ele é usuário do “módulo estomizado” do Programa e já recebe bolsas de colostomia desde maio, para atender a necessidade provisória de armazenamento de seus resíduos fisiológicos, em virtude de um trauma que sofreu no trânsito intestinal. “No início, foi difícil de me aceitar dessa maneira, nessa condição, mas, com o apoio do Paid, fui percebendo que as coisas precisam continuar”, disse ele, que, licenciado do trabalho, voltou à unidade ambulatorial para receber, dessa vez, os óculos solicitados. “É incomparável a sensação de receber um equipamento sem precisar gastar um tostão. Estou feliz!”, comemorou.

Programação – As próximas concessões também ocorrerão no período das 8h às 11h, na unidade de saúde (rua Codajás, nº 26, Cachoeirinha, zona Sul). Com as entregas previstas para ocorrerem até o início de novembro, o Governo do Amazonas se aproxima da marca de 42 mil produtos concedidos.

De janeiro a setembro deste ano, já haviam sido concedidos 41,8 mil equipamentos de auxílio a pessoas com deficiência, beneficiando diretamente cerca de quatro mil usuários da rede estadual de saúde. Aparelhos auditivos, cadeiras de roda, órteses ortopédicas, bolsas de colostomia, entre outros produtos, estão entre os itens dispensados aos pacientes da unidade de saúde, inscritos nos módulos auditivo, estomizado, ortopédico e ocular. Neste último módulo, o Paid entregou, recentemente, 80 próteses a usuários que sofreram privação do globo ocular.

De acordo com a enfermeira estomaterapeuta Josenira Almeida, supervisora do Paid, além das remessas de óculos, serão dispensadas aos usuários bengalas articuladas, itens que não têm função ortopédica ou de sustentação, mas de proteção, orientação e detecção das informações ambientais captadas pelo indivíduo cego. “Portanto, a bengala articulada tem a função de aumentar o alcance da perna e do braço de um indivíduo cego possibilitando seu deslocamento no ambiente de forma autônoma e segura”, completa a supervisora.

Explicações sobre o funcionamento dos produtos, aliás, compõem uma das estratégias utilizadas pela Policlínica Codajás para alertar o usuário e a população em geral sobre a importância o uso correto dos equipamentos e da necessidade de acompanhamento oftalmológico. “O atendimento aos pacientes que receberão as próteses não encerra com a entrega dos produtos. É importante que os usuários do Paid continuem o acompanhamento com os especialistas e façam avaliação periódica, para minimizar riscos à saúde”, disse o diretor da unidade ambulatorial, Fábio Shimizu.

Acesso – Para ter receber os equipamentos e ter acesso ao atendimento especializado é necessário realizar inscrição no Paid, por meio da apresentação dos seguintes documentos (original e cópia): carteira de identidade, registro de nascimento (se for menor), cartão SUS, CPF, comprovante de residência, encaminhamento médico com diagnóstico, n° do CID e boletim de alta. No caso específico do estomizado, é necessário ainda o resumo de alta. O Programa funciona de segunda a sexta, das 7h às 17h.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.