Governador Omar Aziz lança Ronda no Bairro na zona oeste

Ronda no bairro zona oeste

Ronda no bairro zona oesteManaus – Os bairros que compõem a zona oeste de Manaus passaram a ter a cobertura do programa Ronda no Bairro a partir desta sexta-feira, 28 de setembro. Durante o lançamento do programa, no CDC da Compensa, o governador Omar Aziz destacou que mais de 83% da população de Manaus já foi alcançada pelo programa, restando apenas a zona sul. “Se Deus quiser, nos próximos dias estaremos na zona sul de Manaus, para completar os 100%, fechando o cerco do Ronda no Bairro e, com isso, diminuindo bastante o índice de criminalidade na cidade”, disse o governador.

Omar Aziz, que estava acompanhado da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira-dama Nejmi Aziz, destacou o reforço da estrutura de segurança na zona oeste, onde, segundo ele, o número de policiais aumentou quase quatro vezes e o de viaturas sete vezes mais. O número de Distritos Integrados de Polícia (DIPs) também cresceu de três para cinco. “Você ajuda a segurança pública com duas coisas. Primeiro valorizando o policial com salários mais dignos e isso nós fizemos e também com investimentos em tecnologia, equipamentos, viaturas e armamentos, para que o policial tenha a certeza de que está cumprindo seu trabalho, mas está protegido”.

Segundo dados apresentados pelo secretário Estadual de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, em todas as zonas onde o programa foi implantado houve redução de criminalidade, a exemplo da zona norte, a primeira a ser contemplada, em fevereiro deste ano, que teve redução de 27% da criminalidade. Foram, de acordo com ele, 3.572 ocorrências a menos que no mesmo período em 2011. Ao mesmo tempo, a produtividade policial na área aumentou em 33%.

Criado pelo governador Omar Aziz, o programa Ronda no Bairro trabalha com o conceito de polícia comunitária mais próxima do cidadão, atuando na prevenção do crime. De acordo com o secretário adjunto executivo do Ronda no Bairro, coronel Amadeu Soares, com a inclusão da zona oeste, o programa já alcança mais de 1,5 milhão de pessoas em Manaus – 493.235 na zona norte, 448.738 na zona leste, 159.992 na zona centro-sul, 145.832 na centro-oeste, e 254.384 mil na oeste. O número representa 83,3% da população total da cidade, que é de aproximadamente 1,8 milhão de habitantes, segundo o último Censo do IBGE.

Para garantir a cobertura policial em todos os 12 bairros da zona oeste – Glória, Santo Antônio, São Raimundo, Compensa, São Jorge, Santo Agostinho, Lírio do Vale, Nova Esperança, Ponta Negra, Vila da Prata, Tarumã e Tarumã Açu – e uma parte do Planalto e Dom Pedro, o efetivo policial na área aumentou de 224 (147 policiais militares e 77 civis) para 831 (710 policiais militares e 121 policiais civis), um acréscimo de 270,9%. O número de viaturas está saltando dos atuais 23 (15 da Polícia Militar e 8 da Civil) para 168 (139 da Polícia Militar e 29 da Polícia Civil).

Ronda o bairro zona oeste A quantidade de DIPs também está sendo ampliada e sairá de três para cinco. Antes do Ronda no Bairro, a zona oeste era atendida pelo 5º DIP, no Santo Antônio, o 8º, na Compensa, e o 19º, na Ponta Negra. Foram criados mais o 20º DIP, no Tarumã (comunidade Carbrás) e o 21º DIP, na Vila da Prata, cujos prédios estão em construção. O Governo do Estado também está construindo uma nova sede para o 19º DIP. Foi feita a reforma e ampliação do 5º DIP e da 5ª Cicom, que ainda estão ganhando equipamentos e mobiliários. O 8º DIP também recebeu reforma e adaptação para abrigar o Comando de Policiamento de Área (CPA) e a Seccional Oeste, além de mobílias e novos equipamentos.

Com a chegada do Ronda no Bairro, a zona oeste de Manaus foi dividida em 32 setores. Cada setor, que abrange uma área de mais ou menos três quilômetros quadrados, terá uma ronda policial exclusiva durante 24 horas, composta por 18 policiais, uma viatura quatro rodas e duas motocicletas.

Os policias civis e militares que vão atuar na área receberam kits táticos e operacionais individuais, compostos por armas e munições, algemas, bastão perseguidor, colete e rádio comunicador portátil, além dos kits coletivos – cone sinalizador, máquina fotográfica, submetralhadora, espingarda, rádio comunicador de viatura, pranchetas para anotações, luvas e munições.

(Por:Agecom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.