Governador Omar Aziz e prefeito Arthur Neto lançam Campanha de Vacinação contra o HPV

Primeira etapa campanha de vacinação contra o vírus causador do câncer de colo de útero vai até 30 de agosto, em todo o Estado, e a meta é imunizar meninas de 11 a 13 anos de idade.

O Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus iniciaram nesta sexta-feira, 9 de agosto, a Campanha de Vacinação contra o HPV no Estado. A imunização de milhares de meninas com idade de 11 a 13 anos contra o vírus que causa o câncer de colo de útero começou nas escolas da capital e, a partir deste sábado, dia 10, também acontecerá no interior.

“Nós vamos ‘extirpar’ essa doença nas mulheres amazonenses. O maior causador do câncer de útero é o HPV. Imunizando as mulheres contra esse vírus você não só evita o câncer, mas também seu ciclo de transmissão”, afirmou o governador Omar Aziz, que participou, ao lado do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, do lançamento da campanha na capital, na Escola Municipal Maria do Carmo Rebello de Souza, no bairro São José II, zona leste.

Neste sábado, às 9h, o governador Omar Aziz estará no município de Borba (a 150 quilômetros de Manaus) para o evento que marcará a abertura da campanha para os 61 municípios do interior do Estado. As meninas serão vacinadas nas próprias escolas onde estudam e necessitam da autorização dos pais ou responsáveis. A vacinação vai se prolongar até o dia 30 de agosto, quando encerra a primeira fase. Serão necessárias três doses para completar o ciclo de imunização. A segunda etapa ocorrerá de 10 a 30 de outubro de 2013 e, a terceira, de 10 a 28 de fevereiro de 2014.

Pioneirismo – O Amazonas é o primeiro Estado brasileiro a oferecer, gratuitamente, na rede pública de Saúde, a vacina contra o HPV, o vírus causador do câncer de colo de útero. Trata-se do tipo de câncer com a maior prevalência no Amazonas que também registra um dos maiores índices da doença. O público-alvo da campanha são meninas na faixa etária de 11 a 13 anos. A estimativa é de que 116,5 mil adolescentes, nascidas entre 2000, 2001 e 2002, estejam nesta faixa-etária no Estado. A meta da campanha é imunizar, no mínimo, 80% desta população prioritária.

O prefeito Arthur Virgílio Neto lembrou que a partir da campanha do ano que vem o público alvo se reduzira apenas às meninas de 10 anos, com isso, reduz-se também os custos. “Vamos salvar uma geração inteira desse mal terrível”, previu Arthur.

Alice Silva de Almeida, de 11 anos recebeu a vacina na escola Maria do Carmo Rebello de Souza, onde estuda a 5ª série e se disse consciente da importância de ser imunizada contra o HPV. “É muito importante para não ter a doença (câncer) mais tarde. Minha mãe conversou comigo e me deu apoio e autorização para tomar a vacina”, contou a menina, que disse também ter discutido com as outras garotas da escola sobre o assunto.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Wilson Alecrim, o câncer do colo do útero mata 190 mulheres a cada ano no Amazonas e é responsável pelo adoecimento de 650 mulheres, anualmente, no Estado. “A vacina que será utilizada combate diretamente os dois principais tipos do HPV que produzem o câncer do colo do útero e, de forma cruzada, mais duas formas do vírus, também associadas à doença, além de ter como vantagem em relação a outras vacinas existentes no mercado, o fato de possuir, na sua fabricação, um tipo da substância conhecida tecnicamente como adjuvante, que aumenta o potencial de imunização da vacina”, disse Alecrim.

Investimento – O Governo do Estado está investindo aproximadamente R$ 15,2 milhões, sendo R$ 12,2 milhões para a aquisição das vacinas e o restante para as despesas com logística, material de consumo e material educativo de suporte à ação, em todo o Estado. A Prefeitura de Manaus é parceira do Estado na realização dos investimentos e ficou responsável pela aquisição das vacinas que serão utilizadas na imunização das meninas matriculadas nas escolas públicas da rede municipal, na capital. Para a primeira etapa da campanha foram disponibilizadas 120 mil doses de vacina (90 mil pelo Estado e 30 mil pelo Município de Manaus).

A vacinação, detalha Alecrim, ocorrerá prioritariamente nas escolas como estratégia para assegurar que as meninas cumpram o esquema de três doses, que garante a imunização contra o Papilomavírus. “Até o dia 30 de agosto, todas as escolas públicas e privadas das áreas urbana e rural serão alcançadas, nos 62 municípios do Estado. As adolescentes que eventualmente não estejam matriculadas terão oportunidade de se vacinar nas unidades de saúde de referência que serão definidas por cada município”, explicou o secretário.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que coordena a campanha na capital, foi elaborado um cronograma no qual todas as escolas da rede estadual, municipal e particular serão visitadas pelas equipes de vacinação até o dia 30 de agosto. Nesta sexta-feira, 41 escolas da rede municipal, 21 estaduais e seis particulares já estavam vacinando. A ação mobiliza, além das secretarias estadual e municipal de Saúde, as secretarias de Educação do Estado (Seduc) e do Município (Semed).

Vacinação é Lei – O programa de imunização contra o HPV foi anunciado pelo governador Omar Aziz no Dia Internacional da Mulher, em maio deste ano, e instituído através de Lei, passando a integrar as ações de prevenção ao câncer do colo do útero. O governador Omar Aziz lembrou que foi convencido sobre a necessidade da vacinação pela esposa, a primeira-dama Nejmi Aziz, que articulou uma reunião entre ele e o movimento de mulheres. “Elas me convenceram, então eu fiz a proposta de parceria ao prefeito Arthur Virgílio, que aceitou o desafio”, disse o governador, ao ressaltar que nas clínicas particulares as três doses de vacina custam R$ 900.

De acordo com a médica ginecologista da Fundação Centro de Controle de Oncolongia do Estado (FCecon), Mônica Bandeira de Melo, uma das idealizadoras da campanha, o câncer de colo de útero é uma doença 100% evitável. “Chega de tanta mulher morrendo de câncer de colo de útero, quando temos uma vacina com 100% de eficácia. A palavra é prevenção. Hoje é um dia histórico para esse Estado. Parabéns ao Governo e a Prefeitura”.

(Foto: Alex Pazuello)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.