Gov. David Melo vai ao MP denunciar ameaça de morte por repactuar contratos

Gov. David Melo vai ao MP denunciar ameaça de morte por repactuar contratos

Amazonas – O governador interino David Almeida participava da solenidade de entrega  da Ala Cirúrgica do Hospital Delfina Aziz, na zona Norte de Manaus, quando resolveu revelar a denúncia à imprensa.

“Minha equipe está sendo ameaçada até de morte. Eu saí, agora, da minha zona de conforto. As pessoas estão sendo ameaçadas; as famílias das pessoas estão sendo ameaçadas e vocês não têm ideia do que nós estamos passando para poder fazer gestão pública! Intimidação! As pessoas intimidando. Ó, tu vai mexer com isso! Tu não sabe com quem tu tá mexendo; quem tá por trás disso! … E ontem, fizeram uma ligação pro membro da minha equipe, dizendo que iam matar o garoto, a namorada, iam matar o pai, matar a mãe! Que que é isso?? Eu vou tornar público. Vou fazer a denúncia!!”

Segundo o chefe interino do Executivo estadual, o motivo das ameaças de morte seria a política de repactuação de contratos adotada pelo Estado, que busca gerar economia aos cofres públicos. Muitos fornecedores estariam descontentes com a nova postura administrativa. Sem dar detalhes, o governador citou um desses contratos.

“A empresa que fez a denúncia ofertou R$ 11 milhões e 804 mil, e a empresa vencedora, R$ 8,4 milhões. Nós estamos economizando R$ 3, 5 milhões. Com essa economia, nós vamos comprar uma outra hemodinâmica.”

Sem citar nomes, David Almeida chegou a dizer que foi extorquido para manter contratos superfaturados. “Tentaram me extorquir! Eu vou falar logo claro, aqui: o cara queria que eu pagasse pra ele dinheiro fora do caixa do Estado! Eu vou tornar público! Eu não cedo a bandidos, a ‘gangsters’. E, por me recusar a me servir a esse papel, eu estou pagando por isso! Eu vou, ainda hoje, fazer essas denúncias no Ministério Público e na delegacia. Aqueles que quiserem se defender, terão a oportunidade!”

Até o fechamento desta matéria, o Ministério Público ainda não havia sido comunicado sobre as denúncias feitas pelo governador interino. David Almeida disse que, apesar das ameaças, vai continuar trabalhando e manter a rotina normal de atividades. Na próxima segunda-feira (21), o governador deve fazer um balanço dos 100 dias à frente da administração estadual.

Amazonianarede-RT

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.