Família do Norte (FDN), facção do crime é presa em Manaus

Policiais Civis do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) registraram na noite dessa terça-feira (13), por volta das 21h, as prisões de seis pessoas envolvidas com o tráfico de drogas na cidade, sendo duas delas integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN).

Cleibe Gonzaga de Lima, 35, conhecido como “Júnior”, Daiane Seixas dos Santos, 21, conhecida como “Pequena”, Fíbia Garrido da Silva, 22, namorada de Cleibe, Marcos Sampaio de Oliveira, 34, conhecido como “Marquinhos”, Marilene Contreira de Oliveira, 23, e Willame de Souza Frazão, 22, conhecido como “Lucas”, foram presos por policiais da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) após investigações que seguem em segredo de Justiça.

Cleibe foi preso na rua 2 do Conjunto Jardim Manaus, bairro Santo Agostinho, Zona Oeste da cidade. No momento da prisão ele estava com a namorada dele, Fíbia Silva, que na ocasião foi liberada por falta de provas que
a incriminasse.

Após a prisão de Cleibe, os policiais monitoraram a mulher, que foi até um ponto de táxi localizado na avenida Comandante Natanael Albuquerque, no Conjunto Santos Dumont, bairro da Paz, onde marcou encontro com os comparsas de Cleibe para avisar que a polícia estava na mira deles.

Daiane, Marcos, Marilene, Willame e Fíbia foram presos em flagrante no local. Com a quadrilha foram apreendidos dois veículos automotores, um Celta de cor vermelha e placas JXM-0665 e um Gol de cor cinza e placas NOM-8859, duas pistolas Taurus, sendo uma calibre 9 mm contendo 10 munições intactas e outra modelo PT 380 com 23 munições intactas.

Ainda com os suspeitos foram apreendidos aproximadamente 3 quilos de substância entorpecente, entre cocaína em pedra, cocaína em pó e maconha prensada, além de R$ 28 mil que estavam com Cleibe.

De acordo com o Delegado Titular do 18º DIP, Ivo Martins, Cleibe e Daiane são integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN). “Eles fazem parte da facção FDN e, de acordo com as informações levantadas pela equipe de investigação da Seai, Cleibe estava sendo cotado para substituir Alan de Souza Castimário, 32, o “Nanico”, apontado como líder dessa facção”, declarou Ivo.

No 18º DIP, todos foram autuados em flagrante por formação de quadrilha (Art. 288 do Código Penal), porte ilegal de arma de fogo de uso restrito (Art. 14 da Lei nº 10.826/03 do Estatuto do Desarmamento), porte ilegal de munição de uso restrito (Art. 16 da Lei nº 10.826/03 do ED), tráfico de drogas e associação para o tráfico (Artigos 33 e 35, respectivamente, da Lei nº 11.343/06).

Eles serão encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

(Foto: Ascom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.