FAEA discute com Agência de Defesa Agropecuária taxas de serviços

Manaus – Uma reunião na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (FAEA), a Agência de Defesa Agropecuária (ADAF) debateu juntamente com mais de 80 produtores rurais as taxas de serviços que deverão ser cobradas.

Para o diretor presidente da ADAF, Sergio Muniz, estas taxas que estão sendo passadas neste primeiro debate com o produtor rural são para otimizar os trabalhos. “Todos os valores hoje mostrados e debatidos foram tirados de uma pesquisa em outros Estados. Estamos fazendo de forma transparente, pois os produtores rurais são os mais interessados. Com a verba vamos poder melhorar os serviços”.

Tabelas

Durante a reunião foram exibidas tabelas com os valores, todos explicados onde puderam ser questionados pelos presentes.

Segundo o presidente da FAEA, Muni Lourenço, é preciso avançar no segmento agropecuário para novos patamares tecnológicos, mercadológicos e um deles passa também pela questão sanitária, por isso estes debates se fazem necessários.

“Essa reunião foi realizada para que possamos iniciar um processo de diálogo. Nós sabemos que a maioria dos Estados brasileiros os serviços já são cobrados, por isso precisamos de uma ampla divulgação e debate com a classe agropecuária, pois não é uma medida impositiva, a ADAF tem a consciência que é preciso dialogar com os produtores inclusive indo até os municípios no interior do Estado”, afirmou.

(Amazonianarede – Faea) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.