Embrapa realiza oficina de práticas agroecológicas na Semana dos Alimentos Orgânicos

Manaus – De 23 de maio a 01 de junho de 2013 acontece a Semana Nacional dos Alimentos Orgânicos, em Manaus, com algumas novidades para aproximar produtores e consumidores interessados em consumir e saber mais a respeito da produção de alimentos orgânicos.

A programação deste ano traz algumas novidades, como a inauguração de um novo espaço para a feira de produtos orgânicos; a oportunidade de consumidores visitarem uma propriedade rural de alimentos orgânicos em Manaus, e ainda uma oficina sobre Práticas Agroecológicas, promovida pela Embrapa Amazônia Ocidental, no dia 24 de maio. A Semana de Orgânicos em Manaus é uma realização da Comissão de Produção Orgânicos (CPOrg/AM), Sebrae/AM , Superintendência Federal de Agricultura (SFA/AM), Associação de Produtores Orgânicos do Amazonas (Apoam) e Embrapa.

Para um alimento ser considerado orgânico, o produto (verduras,legumes, frutas, produto animal etc) deve ser cultivado em um ambiente que considere a sustentabilidade social, ambiental e econômica e valorize a cultura das comunidades rurais. O Ministério da Agricultura define que a agricultura orgânica não utiliza agrotóxicos, hormônios, drogas veterinárias, adubos químicos, antibióticos ou transgênicos em qualquer fase da produção.

Esta é a IX Semana Nacional de Alimentos Orgânicos e faz parte de uma campanha coordenada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e diversos parceiros em várias capitais do País, com o objetivo de incentivar o consumo de orgânicos.

Práticas agroecológicas são mostradas

Como parte da programação da Semana de Orgânicos, a Embrapa Amazônia Ocidental realizou, na sexta-feira, 24,  palestra e oficina sobre Práticas Agroecológicas, em parceria com agricultores membros da Associação de Produtores Orgânicos do Amazonas (Apoam). Essa atividade acontece no Campo Experimental da Embrapa em Iranduba, na estrada do Caldeirão, km 12. O pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental, Nestor Lourenço, vai expor sobre práticas agroecológicas para melhor uso do solo, e demonstrar como pode ser feita a compostagem laminar para enriquecer o solo com nutrientes. O pesquisador explica que esse tipo de compostagem é feito em cima do canteiro e tem a vantagem de reduzir a mão-de-obra e o tempo de trabalho, sendo uma alternativa à compostagem feita em pilhas.

Também serão realizadas atividades práticas de adubação verde, com o uso das plantas Tithonia diversifolia (margaridão) e Inga ssp (várias espécies de ingá). A primeira é rica em nitrogênio, fósforo e potássio e a segunda bastante rica em nitrogênio, conforme explica o pesquisador. “Os solos da Amazônia central são ácidos e pobres em nutrientes e é preciso enriquecer para ter fertilidade.

O pesquisador explica que na maioria das propriedades rurais não se tem esterco em quantidade, então o agricultor precisa buscar soluções viáveis de adubo, como plantas adubadoras. Nestor acrescenta que não se deve fazer o composto apenas com galhos, troncos e serragem pois resulta em um composto com muito carbono e poucos nutrientes para o solo. A presença de carbono no composto ajuda na estrutura física do solo e retém umidade, mas é necessário outros componentes para que o composto orgânico cumpra sua função. O pesquisador cita como exemplo o ingá, usado na adubação verde, por ser rico em nitrogênio. Quando se usa as folhas verdes sem floração e sem frutificação se tem três vezes mais nitrogênio, do que quando se usa os galhos.

Programação começou dia 23

Em Manaus, a programação da Semana de Orgânicos começa no dia 23, quinta-feira, com uma solenidade envolvendo as principais instituições que trabalham com o tema. Nessa solenidade haverá o ato de recomposição de membros da Comissão de Produtos Orgânicos no Amazonas (CPOrg/AM) , para o mandato de 2013 a 2015. O coordenador da CPOrg/AM, Klerysson Santana, explica que a comissão tem a função de coordenar e acompanhar o segmento de produção orgânica no Estado e será formada, de modo paritário, por nove instituições governamentais e nove da sociedade civil organizada. Também na solenidade de abertura da Semana, será firmado acordo de cooperação técnica para a nova feira de orgânicos e será exibido ainda o documentário Brasil Orgânico. Klerysson explica que esse documentário “é pioneiro e inédito, reunindo iniciativas e histórias de pessoas que tem na produção de alimentos orgânicos uma ideologia de vida: do agricultor familiar ao grande produtor, do agrônomo ao nutricionista, do chef de cozinha ao empresário do mercado de alimentos”. O evento acontece de 9h às 12h, no Sebrae/AM, na av.Leonardo Malcher, Centro.

A composição da CPOrg/AM, para 2013/2015 conta com representantes da Superintendência Federal de Agricultura (SFA/AM), Embrapa Amazônia Ocidental, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Secretaria Municipal de Empreendedorismo e Abastecimento (Sempab) Instituto Federal do Amazonas (Ifam-zona leste), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Amazonas (Idam) e Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror). Pela representação de instituições não governamentais, participam o Sebrae, a Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), Associação Ecológica Novo Encanto, Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (Idesam), Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPE), Museu da Amazônia (Musa), Fundação Vitória Amazônica (FVA) e Nymuendaju.

Agricultores e Consumidores em parceria

Outra estratégia deste ano na Semana de Orgânicos é aproximar os consumidores dos produtores. Nesse sentido será proporcionada uma visita a um sítio rural de alimentos orgânicos, localizada na zona periurbana de Manaus.

Essa atividade vai acontecer no domingo, 26 de maio. Os interessados em participar podem se inscrever no sábado, 25, durante a Feira de Orgânicos. “Para os consumidores mais interessados em saber como é produzido o orgânico, é uma oportunidade para saber como se dá a produção, o transporte, o controle social da produção e venda de orgânicos”, explica o coordenador da CPOrg, e fiscal do Ministério da Agricultura, Klerysson Santana.

Feira de Orgânicos ganha novo espaço

Outro destaque deste ano é a inauguração de novo espaço para a Feira de Orgânicos, até então realizada no pátio externo do Ministério da Agricultura, na rua Maceió, bairro de Adrianópolis, em Manaus. A partir do sábado, 25 de maio a feira acontecerá em um pavilhão coberto, localizado na área interna do Ministério da Agricultura. “Foi feito um acordo e cedido esse pavilhão de 400 metros quadrados, coberto, pavimentado, com banheiros e estacionamento, para oferecer melhor higiene e mais conforto para os consumidores e produtores”, explica Klerysson. “Com todas essas atividades queremos sensibilizar a população para consumir e os agricultores para produzir alimentos saudáveis, produzidos sem agrotóxicos”, afirma Klerysson.

As atividades da Semana de Orgânicos incluem duas edições especiais da Feira de Orgânicos, realizada por agricultores da Apoam. No dia 25 de maio e no dia 01 de junho, haverá distribuição de materiais informativos e exibição de vídeos. Também depois desse período a feira permanecerá aos sábados, no mesmo local.

Embrapa Amazônia Ocidental
Síglia Souza

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.