Dupla cai com drogas na Zona Centro-Oeste

(Fotos: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou na manhã desta quinta-feira (31) a operação “Gavião”, que resultou nas prisões em flagrante de dois homens envolvidos com tráfico de drogas na Zona Centro-Oeste da capital.

A ação contou com a participação de 15 Policiais Civis lotados no 10º e 17º Distritos Integrados de Polícia (DIPs), coordenados pelos Delegados Francisco Roque, Titular da 6ª Seccional Centro-Oeste, e Paulo Benelli, Titular do 10º DIP. Eles tiveram ainda o apoio do Canil da Polícia Militar.

Com o objetivo de combater o tráfico de drogas na área, no decorrer da operação foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, expedidos no dia 12 de abril deste ano pelo juiz Julião Lemos Sobral, da 3ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute).

Na rua Seis, beco Sete, bairro Alvorada 2, os policiais prenderam Olivaldo Assis Rodrigues Esteves Filho, 18. Com ele foram encontradas 56 trouxinhas de substância entorpecente com características de pasta base, 10 trouxinhas com aspecto de maconha prensada, um celular, R$ 28 em espécie, além de material para embalo da droga.

Wicalu Ricardo Amaral dos Santos, 23, foi preso na rua Independência, bairro Nova Esperança. Na residência dele foram apreendidos dois tabletes de substância entorpecente com aparência de maconha prensada, pesando aproximadamente 550 gramas no total, além de 267 porções da mesma substância, 60 trouxinhas aparentando ser pasta base de cocaína, 36 trouxinhas com aspecto de cocaína em pó, uma pedra aparentemente de cocaína pura, duas balanças de precisão e dois celulares.

“No momento em que estávamos saindo da residência de Olivaldo, populares denunciaram a pessoa que forneceu as substâncias para o suspeito. Fomos até o local indicado e encontramos Wicalu com essa quantidade de entorpecentes”, destacou o Titular do 10º DIP, Paulo Benelli.

De acordo com o Titular do 10º DIP, Wicalu estava sendo procurado pela Polícia Civil há quatro meses. “Já havíamos recebido várias denúncias envolvendo Wicalu. Estávamos tentando localizá-lo há quatro meses. Não conseguíamos prendê-lo antes porque ele mudava constantemente de endereço. Hoje, com o apoio da população, conseguimos encontrá-lo”, frisou Benelli.

No 10º DIP, Wicalu e Olivaldo fora autuados por tráfico de drogas (Artigo 33 da Lei nº 11.343/06). Ao término dos procedimentos na unidade policial eles serão levados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irão aguardar julgamento.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.