Doença rara pode ter causado uma morte em Eirunepé (AM)

(Reportagem: Caíque Varella)

O município de Eirunepé está em estado de alerta após o registro e o falecimento da primeira vítima da Síndrome Respiratória Aguda Grave, mundialmente conhecida como SARS (Severe Acute Respiratory Sundrome).

A vítima estava internada no Hospital Vinicius Conrado desde terça (27), e só ontem desconfiaram que seria SARS, segundo um funcionário do hospital que não quis ser identificado.

A coordenadoria de saúde de Eirunepé fez um pedido para que o barco que saiu com destino ao município vizinho de Envira fosse intercedido, e também já comunicou o caso a SUSAM em Manaus.

Tentamos entrar em contato por telefone com o diretor do hospital senhor Elan Alencar, mas não foram atendidas as ligações.

Conheça a Síndrome e seus sintomas:

1. O que é?

É uma doença respiratória aguda, contagiosa, e muitas vezes fatal, que se caracteriza por um quadro de pneumonia grave.

2. Qual o microrganismo envolvido?

É um causada por um vírus coronavírus – SARS-CoV

3. Quais os sintomas?

Os principais sinais e sintomas são: febre alta, mal-estar geral, dor muscular, cefaléia e tosse seca.

4. Como se transmite?

É transmitida de pessoa a pessoa, por inalação de partículas/gotículas respiratórias infectantes. Pode ser transmitida também por contato direto com superfícies ou objetos contaminados com material infectante (fezes, urina ou secreções respiratórias).

5. Como tratar?
Não existe tratamento específico. O tratamento é sintomático, de suporte.

6. Como se prevenir?
Evitar contato com pessoas doentes portadoras do vírus SARS-CoV, Em caso de viagem para áreas de ocorrência do vírus, evitar contato ou manipulação de animais silvestres naturalmente infectados, na China e partes do Sudeste da Ásia.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.