“Delegado Legal” promove dia de atividades em escola da Zona Leste

(Foto: Ascom)

Uma manhã repleta de atividades voltadas aos moradores da Zona Leste foi levada na manhã desta quarta-feira (9) à Escola Estadual Daisaku Ikeda, no bairro São José 4, como parte da programação da nova temporada do programa “Delegado Legal”, desenvolvido pela Associação dos Delegados de Polícia do Amazonas (Adepol-AM), em parceria com a Polícia Civil do Estado.

A ação contou com a presença de delegados lotados em Distritos Integrados de Polícia (DIPs) localizados na Zona Leste, Delegacias Especializadas, servidores do Departamento de Controle e Avaliação (DCA) da Polícia Civil, Instituto de Identificação Aderson Conceição de Menezes (IIACM) e representantes de demais órgãos do Governo do Estado do Amazonas.

Uma programação especial foi montada em comemoração ao Dia da Criança, celebrado no dia 12 de outubro, com peças teatrais infantis, apresentações de danças e músicas, brinquedos, palhaços, além de atendimentos médicos, odontológicos, expedição de documentos como Registro Geral (RG) e Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Um lanche, com salgadinhos, doces, refrigerantes e água à vontade foi oferecido aos participantes e as crianças ainda foram presenteadas com brinquedos.

Com o tema “Educar para prevenir”, o programa visa estreitar o relacionamento entre os policiais e a população. “Os atuais gestores da Polícia Civil do Amazonas, Delegado Geral Josué Rocha e Delegado Geral Adjunto Mário Aufiero estão empenhados em aumentar a confiança entre as duas partes. Estamos muito felizes em estar participando do programa, que valoriza a criança, o pai e a sociedade como um todo”, comentou o Delegado Titular do 9º DIP, Pablo Geovanni.

Uma das coordenadoras do programa, a Delegada Titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), Linda Gláucia Moraes, esteve presente no evento e ficou extremamente feliz com a participação da comunidade. “Escolhemos a Escola Estadual Daisaku Ikeda para podermos estar mais presentes com a população da Zona Leste, que é formada, em sua maioria, por pessoas carentes. É uma grande satisfação para nós, policiais, ver que a população está confiando no nosso trabalho”, afirmou.

Alunos de escolas de rede pública de ensino, como Escola Estadual Nilburges, Escola Estadual Olga Furtone eEscola Estadual Padre Pedro Gislandy fizeram apresentaões de peças teatrais e danças no local do evento. Os delegados presentes interagiram com os comunitários, tiraram dúvidas e se coloram à disposição para atendimentos pertinentes ao trabalho desenvolvido pela Polícia Civil.

Médica no estado de Pernambuco, Simone Mendes, fez questão de falar para a comunidade da satisfação em estar participando do evento. “Estou encantada com esse programa. Estou fazendo várias fotos para mostrar às autoridades do meu estado como a Polícia Civil do Amazonas se preocupa em resgatar os jovens da criminalidade, como valoriza a população, as crianças”, afirmou, visivelmente emocionada.

Saiba mais

Criado em 2007, o programa “Delegado Legal” é uma iniciativa da Associação dos Delegados de Polícia do Amazonas (Adepol-AM), desenvolvido em parceria com a Polícia Civil do Estado. Tem como principal objetivo aproximar o polícia do cidadão e educar crianças para que as mesmas tenham um futuro promissor, reduzindo desta forma o índice de criminalidade no Estado.

Com o tema “Educar para prevenir”, a nova temporada do programa visa levar para a comunidade atendimentos básicos, como emissão de documentos, atendimentos médicos, jurídico e uma programação inteiramente voltada para a educação de crianças, com palestras, peças teatrais, danças e exibição de filmes.

A nova temporada será estendida até fevereiro de 2014 e pretende atender aproximadamente 4 mil alunos da rede pública de ensino, com abordagem de assuntos como bullying, pedofilia, drogas e violência doméstica.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.