Delegação amazonense de ginástica fará intercâmbio na Bulgária

Manaus – Investindo na qualidade técnica e mirando nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej) e Governo do Amazonas, através da Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (Sejel), estão enviando seis ginastas e duas técnicas amazonenses para um intercâmbio em Sofia, na Bulgária.

O conjunto, formado pela chefe de deleção, Keyciane Angelim, pela treinadora Alessandra Balbi e as ginastas Karla Cristina,12, Maria Izabel Padilha, 12, Maria Eduarda Azevedo, 10, Emily Góes, 12, Vitória Nicole da Silva, 14, e Laisa Fonseca, 11, embarca na madrugada desta quarta-feira, 26, às 4h, para o País que é referência na modalidade.

A delegação amazonense ficará por 20 dias na Bulgária e receberá treinamento no Clube Ceska com o ícone da modalidade, a técnica e professora Giurga Nedialkova. Além das clínicas de ginástica rítmica, as meninas também receberão aulas de balé.

“Não temos como mensurar o quanto este intercambio é importante para o crescimento das nossas meninas, que vão poder evoluir em todos os aspectos, irão amadurecer como ginastas e vão trazer várias técnicas novas, de salto, de flexibilidade. A gente está trabalhando para as Olimpíadas e este é o caminho”, comentou Alessandra Balbi, que ano passado também participou do intercâmbio, juntamente com as atletas Emily Góes e Maria Izabel Padilha.

Em 2012, o trio voltou para “casa” com duas medalhas de prata e muita experiência. Este ano, elas pretendem voltar novamente com medalhas, só que de prata e de ouro.

“Esta é a segunda vez que eu vou com a Emily e com a Maria e nossa delegação vai participar de duas competições internacionais nos dias 04, 05 e 14 de julho e pretendemos voltar com resultados melhores que ano passado”, comentou Balbi, ao contar que o ‘time’ deste ano foi escolhido pela própria Giurga Nedialkova, quando veio a Manaus em abril. Após aplicar testes físicos e elementos obrigatórios, a professora anunciou o nome das oito amazonenses.

Para o gestor da Semdej, Fabrício Lima, a iniciativa servirá não somente para as oitos meninas que estão embarcando, mas se perpetuará para as outras ginastas. “Isto aqui é um investimento que estamos fazendo e que vai dar fruto. Quando elas voltarem, chegarão com as melhores novidades no se diz respeito à ginástica, e todos os ensinamentos serão passados para as atletas daqui. Queremos despontar a ginástica, e não há outro meio melhor que este. Espero que elas brilhem muito lá fora”, destacou o Secretário.

Seguindo os passos de Bianca Maia

De acordo com a chefe de delegação e gerente de atividades da Semdej, Keyciane Angelim, as meninas receberão aulas todos os dias, com carga horária de cinco a sete horas. Para Angelim, esta será a chance de uma nova “Bianca Maia” ser formada.

“Vamos estar no País referência da modalidade e explorando tudo aquilo que há de melhor para enriquecer o desempenho das meninas, como balé, que é a base da ginástica. A Bianca Maia participou duas vezes deste intercâmbio e isso, com certeza, foi essencial para ela chegar onde está”, comentou Angelim.

Emyle Góes: A experiente!

Com apenas 12 anos de idade, Emily Góes é experiente quando o assunto é ginástica. A atleta de título internacional segue pela segunda vez para a Bulgária e acredita que a iniciativa vai trazer s oportunidades.

“Fui ano passado e gostei bastante. Os treinos são bem puxados, mas tudo acontece para a gente melhorar. A Giurga é ótima, consegui melhorar muito a minha postura ano passado, e este ano quero evoluir mais ainda”, disse Emily, ao comentar que o mais difícil do intercâmbio é aguentar o calor.

“O País é lindo, muito limpo e organizado, mas é quente. Muito mais que aqui. E com o clima seco, a gente tem que se esforçar muito na hora dos exercícios. Mas não tem problema não, a gente aguenta”, brinca a ginasta.

Foto: MAURO NETO/SEMDEJ 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.