Combate à violência contra a mulher chega a Iranduba (AM)

(Foto: Divulgação)

O ônibus da Secretaria Executiva de Políticas para Mulheres (SEPM) do Governo do Amazonas fará o seu primeiro atendimento itinerante com ações para enfrentamento à violência contra as mulheres nesta quarta-feira, dia 4 de dezembro, das 9h às 13h, na Escola Municipal Chico Mendes, localizada na Comunidade Lago do Limão, na estrada do município de Iranduba.

Mais de 40 colaboradores participarão da atividade oferecendo diversos serviços, além de intensificar a divulgação da Lei Maria da Penha. Também será uma oportunidade para mulheres vítimas de violência doméstica fazerem denúncias em salas adequadas e com todo o apoio de profissionais capacitados para esse tipo de atendimento.

Estarão na comitiva, um agente e um escrivão do 27º Distrito Integrado de Polícia do Iranduba; três defensores públicos e um estagiário da Defensoria Pública do Estado (DPE); um servidor do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM); um advogado e dois assistentes da Comissão da Mulher e da Família da Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM); assistentes sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social de Iranduba; representantes de movimentos de mulheres; além de colaboradores da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas) e da SEPM. No local, também haverá viaturas e policiais da Polícia Militar disponíveis para diligências.

“Estamos levando todos os serviços da rede de atendimento e da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres. O ônibus faz parte do programa do governo federal ‘Mulher, Viver sem Violência’ e tem o objetivo de levar esses serviços para os lugares mais distantes, levando-os para mais perto das mulheres que terão um espaço especial para fazer a denúncia e falar sobre o que está acontecendo em sua comunidade. No ônibus, a mulher vítima de qualquer tipo de violência terá todo o apoio necessário do Estado para ir até o fim com sua denúncia, com apoio de defensores públicos, assistentes sociais e tudo o que for necessário”, comentou a titular da SEPM, a advogada Márcia Álamo.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.