Com 11 medalhas, Amazonas escreve seu nome na história da luta olímpica brasileira

Rio – Com o melhor resultado da história da modalidade numa competição nacional. Foi assim que a delegação do Amazonas encerrou sua participação no Campeonato Brasileiro de Luta Olímpica Júnior (18 a 20 anos), disputado no último sábado, 11 de maio, no ginásio do Cefan, no bairro da Penha, Rio de Janeiro.

Os 11 atletas da equipe conquistaram 11 medalhas, sendo cinco de ouro, quatro de prata e duas de bronze. “É simplesmente a maior conquista de uma delegação de luta olímpica do Estado na história do esporte”, destaca o presidente da Federação Amazonense de Luta Olímpica (Falle), José Falabella Netto, emendando com outro feito sem precedentes. “Temos três atletas classificados para seleção brasileira que irá disputar o Campeonato Pan-Americano do Chile, no mês de julho”.

Para o dirigente, o feito histórico é fruto da parceria pública e privada firmada em prol do desenvolvimento da luta olímpica local. A modalidade é incentivada pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel) e do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (CTARA), e Prefeitura de Manaus, via Programa Bolsa-Atleta. Além disso, o Centro Universitário Nilton Lins teve papel importantíssimo na formação dos atletas de ponta.

Para o secretário-executivo da Sejel, Anderson Souza, que acompanhou de perto o Brasileiro, o Amazonas reafirmou sua condição de maior polo da modalidade na atualidade. A meta do plano estratégico do Governo é ter lutadores amazonenses na seleção brasileira da Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016.

“O trabalho desenvolvido na luta olímpica do Amazonas hoje é referência nacional. Essas conquistas são fruto de uma federação organizada, unida e sem vaidades, além da profissionalização dos técnicos do CTARA (Helton Henrique e Waldeci Silva) e do Centro de Convivência da Cidade Nova (Anderson Alves, que atua na formação de novos talentos). O objetivo é classificarmos amazonenses para os Jogos Rio 2016”, comentou o gestor.

RESULTADOS:

Klicya Melo, estilo livre, 48 kg, PRATA
Cryslane “Paulinha” Saldanha, estilo livre, 51 kg, PRATA
Adrianny Cruz, estilo livre, 55 kg, PRATA
Brenda Ariane Oliveira, estilo livre, 59 kg, OURO
Yuri Santos, estilo livre, 55 kg, OURO
Rodrigo Falabella, estilo livre, 60 kg, PRATA
André Almeida, estilo livre, 60 kg, BRONZE
Kenedy Pedrosa, greco romano, 60kg, OURO
Kenedy Pedrosa, estilo livre, 60kg, OURO
Lucas Machado, estilo livre, 66 kg, OURO
Matheus Fernandes, estilo livre & greco romano, 66 kg (sem medalha)
Leandro Santana, estilo livre, 74 kg, BRONZE

(Sejel) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.