Coletivos  da empresa Açaí param e afetam cerca de 20 mil pessoas em Manaus

Linhas foram impedidas de sair das garagens por volta das 4h da madrugada.

Manaus, AM – A paralisação  coletivos da empresas Açaí, ocorrida nas prikeiras hras da manhã desta segunda-feira, afetou cerca de 20 mil pessoas nas zonas Norte, Oeste e Centro-Oeste, segundo estimativas do Sindicato das Empresas de Transporte de Manaus (Sinetram).

As linhas foram impedidas de sair das garagens por volta das 4h da madrugada desta segunda. Somente por volta das 06h55, os coletivos começaram a circular. A paralisação durou cerca de 1h30.

O Sinetram disse que o sindicato nem as empresas foram informados sobre o motivo.

A empresa Açaí, uma das empresas afetadas, opera com 74 carros em 18 linhas. A Açaí atua na Zona Norte de Manaus, sobretudo na área do Viver Melhor. Já a empresa São Pedro administra 21, nas zonas Oeste e Centro-Oeste.

Nas paradas, passageiros criticaram a situação. “Eu senti que está demorando um pouco fora do normal. Preciso chegar ao trabalho daqui a pouco”, disse a vendedora Fátima Neves, 34. Ela esperava por transporte em um ponto de ônibus no Conjunto Francisca Mendes, na Zona Norte.

Amazonianarde-Rede Amazonica

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.