Cheia atinge ruas da cidade misturando água com o lixo

Manacapuru – As ruas de Manacapuru já começam a inundar. Pontes e passarelas estão sendo construídas para melhorar a mobilidade dos pedestres e a Defesa Civil municipal começa a esboçar os primeiros movimentos.

A Avenida Getúlio Vargas, esquina com Quintino Bocaiuva, está sendo tomada pelas águas do Solimões. O tráfego de veículos automotivos está interrompido, embora xe trate de um dos trechos mais importantes da cidade.

O maior problema é o lixo dos dejetos domiciliares, que entope os bueiros e córregos, e a falta de limpeza nos rip-raps. As casas ficam sujeitas a alagação, doenças e todo tipo de praga.

Moradores do Palhinha sofrem com os problemas da cheias. A água do esgoto está a céu aberto. Falta água nas torneiras. E o odor insuportável das águas tem sido um tormento nas comunidades que possuem terras mais baixas.

Dona Maria de Jesus, moradora do bairro de São José, está impaciente. “Como vão ficar as casas que já alagam? Até agora nenhum agente da Defesa Civil, nem o prefeito se pronunciou a respeito do caso e já tem famílias com casas no fundo”, disse.

Ruas já começam a se partir e a formar crateras, perigo constante para os motoristas e pedestres que transitam nessas áreas. (Hashidy Moraes-Voz de Manacapuru)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.