Cartilha da OAB-AM para orientar associados e novos advogados

19-12oabManaus – A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Amazonas (OAB/AM), preparou uma cartilha de orientação sobre a adesão ao Simples Nacional, sistema de tributação diferenciado para as micro e pequenas empresas, que unifica oito impostos em um único boleto e reduz em média 40% da carga tributária.

A cartilha será distribuída entre os associados da entidade. Recebem esta cartilha beneficiados da Lei Complementar 147/2014, aprovada em agosto.

A lei permite que, a partir de agora, advogados, profissionais autônomos, corretores e diversos outros profissionais solicitem da Receita Federal a adesão ao sistema. O presidente da OAB/AM, Alberto Simonetti Neto, considera a mudança uma importante conquista. Ele lembra que, ao aderir ao Simples, o advogado pode continuar contribuindo para o melhor andamento do País, mas sem perder tantos honorários.

De acordo com o presidente da Comissão de Direito Tributário da OAB/AM, Jean Cleuter Mendonça, para os advogados que já têm sociedade civil o prazo para adesão é até o último dia útil de janeiro de 2015. “Os advogados que ainda não estão organizados em sociedade devem atentar para os prazos de pedido de CNPJ e, posteriormente, adesão ao sistema Simples”, explicou o presidente da comissão.

Ainda de acordo com Cleuter Mendonça, além dos prazos, os advogados devem ficar atentos às inúmeras vantagens tributárias, pois hoje, no imposto de renda, quem ganha acima de R$ 55 mil paga 27,5% de tributo. Com a adesão ao Simples, quem recebe até R$ 180 mil por ano paga apenas 4,5%, isso gera uma economia de até 80%.

“A contabilidade simplificada, não poder ser autuado na primeira fiscalização, CNPJ simplificado, pagamento do tributo em uma única guia de arrecadação, são somente algumas das vantagens do sistema, que vai fazer com que o advogado ganhe tempo para cuidar do seu escritório e clientes”, acrescentou Mendonça.

Para os advogados a inserção da categoria no sistema Simples foi a maior conquista dos últimos 20 anos da advocacia. “Esses instrumentos de desburocratização ajudam muito, para quem não tem tanto tempo de cuidar da parte contábil.

Para os novos advogados, que estamos iniciando a carreira, isso é ótimo, pois eles vão conseguir se manter no mercado, pagando menos tributos”, declarou o presidente da comissão.

Amazonianarede-Assessoria

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.