Carnailha: A irreverência dá tom da folia parintinense

Carnailha toma conta da terra dos bois bumbás
Carnailha toma conta da terra dos bois bumbás
Carnailha toma conta da terra dos bois bumbás

Parintins – Tradicionalmente o primeiro dia do Carnailha é marcado pela irreverência homens que brincam vestidos de mulher e mulheres de homens. Em virtude do escasso recurso disponibilizado pelo estado e da crise que atinge o município o formato do carnaval de rua de Parintins foi alterado.

O desfile antes realizado na avenida Paraíba se concentrou num palco instalado no lado azul da praça dos bois. Os blocos da chave de acesso e do grupo irreverente se apresentaram sem nenhum problema e foram julgados no quesito rainha e marchinha.

No Bloco Os hippes o próprio presidente Ocivaldo Santos, o Codó, concorreu como rainha. O Bloco Pantera Cor de Rosa, atual campeão da chave, animou o público. Mas quem fez diferente foi o bloco “Invasão” que iniciou sua apresentação com o verso do amo do boi Boiola homenageado da agremiação. Blocos tradicionais como Chitara da Chapada, Amor e Cana, As tiazinhas, Os piratas e Lagarto Salgado resgataram marchinhas de anos anteriores para concorrer no evento.

O sub-secretário de Cultura e Turismo (SECTUR) Júnior de Souza informou que 15 mil pessoas estiveram prestigiando a primeira noite do Carnailha. “Não é achismo os nossos números apontam 15 mil pessoas entre brincantes e espectadores do Carnailha”, afirmou.

“A avaliação é positiva e os blocos entenderam. Os blocos e a coordenação do carnailha optaram por esse formato. O mais importante é que a população entendeu e está participando”, assinalou de Souza.

Até o fechamento desta matéria não havia sido registrado nenhum caso de maior proporção nas ações de saúde e segurança, com exceção de pessoas que tiveram problemas por conta do calor e do exagerado consumo de bebida alcoólica.

Amazonianarede-Parintins 24hs

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.