Campanha da Fraternidade em Manaus abre lembrando as vitimas da violência

Amazonianarede – Osny Araújo

Manaus – Com a coordenação da Pastoral da Juventude, em Manaus, dezenas de missas foram celebradas hoje pela manhã na capital, celebrando o lançamento da Campanha da Fraternidade, 2013, organizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, que teve lançamento nacional ocorrido em solenidade litúrgica ocorrida no Santuário de Aparecida, na cidade de Aparecida, em São Paulo.

A principal missa em relação a abertura do evento, foi celebrada na Catedral Metropolitana de Manaus, as 9:30 hs, nesta quarta-feira de Cinzas que assinala também o início da Quaresma, como o tema “ Fraternidade de Juventude” e o lema “ Eis-me aqui, envia-me”.

Essa celebração litúrgica contou com a participação de centenas de jovens das diferentes paróquias da capital que num ligeiro ato teatral, carregando cruzes em homenagem aos jovens que morreram em função da violência na cidade e também, reivindicando alguns direitos, como:Segurança, saúde, educação, alimentação digna, moradia etc.

ÚLTIMA GRANDE CELEBRAÇÃO

A missa foi presidida pelo arcebispo emérito de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira, poderá ser lembrada como o principal ato litúrgico celebrado por ele antes da sua aposentadoria programada para o final deste mês, após 21 anos de liderança na Igreja Católica de Manaus na condição de arcebispo metropolitano.

Na celebração, o arcebispo deu ênfase á importância da juventude estar inserida nas atividades da igreja, trazendo alegria e inovando nas maneiras de evangelização. “Quando vejo essa cena”, afirmou o arcebispo apontando para as cruzes de madeira seguradas pela assembleia, “lembro dos jovens que morreram em Santa Maria. Lembro também dos que são levados pela prostituição e pelo tráfico humano”.

De acordo com Edney Mendonça, coordenador da Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Manaus e membro da comissão organizadora da Campanha na capital, a ação tem a missão de elevar o protagonismo juvenil e proporcionar um ambiente propício para a criação de novos métodos de evangelização. “Queremos abrir os olhos para essa cultura de morte que vem abarcando nossos jovens. A campanha quer que os jovens sejam chamados a tomar decisões importantes e consultados quando houver mudanças na comunidade”, ressaltou Mendonça.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.