Campanha da Fraternidade 2015 é lançada em Manaus e abordou a reforma política

 

Dom Castriani presidiu o ato
Dom Castriani presidiu o ato

Manaus – Com o governador José e a primeira Da prestigiando o ato na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, a Arquidiocese de Manaus lançou na manhã desta quarta-feira (18) a Campanha da Fraternidade 2015.

O evento foi realizado na Catedral Metropolitana – Igreja Nossa Senhora da Conceição – no Centro da cidade. A missa foi presidida pelo arcebispo Dom Sergio Castriani.

Neste ano, a campanha tem como tema “Fraternidade: é ‘Igreja e Sociedade’ com o lema ‘Eu vim para servir’.

Para Dom Sérgio Castriani, neste ano, a campanha reforça que a igreja está à serviço da sociedade. “A campanha coincide com a Quaresma, que é tempo de conversão, de penitência de mudança de vida, de preparação para a páscoa. Consequência da Conversão é a Fraternidade. Se a conversão não levar á fraternidade, ela não é verdadeira”, disse o arcebispo.

De acordo com a Arquidiocese de Manaus, ainda nesta quarta-feira, deve acontecer a missa de cinzas em todas as áreas missionárias da cidade, em vários horários. Na igreja da Matriz, a missa de cinzas será realizada às 18h e será presidida pelo arcebispo da capital.

Reforma Política

O governador José Melo, prestigiou o ato
O governador José Melo, prestigiou o ato

Durante o evento, um abaixo-assinado foi anunciado pela Arquidiocese de Manaus para uma reforma política. Autoridades, como o governador do Amazonas, José Melo (PSDB), e a presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Graça Figueiredo, assinaram o documento no lançamento da campanha.

Ao G1, Melo afirmou que as mudanças solicitadas pelo abaixo-assinado interferem em toda a política brasileira. “É um movimento da Igreja e de outras denominações religiosas para que haja uma reforma no país. Trata-se de uma reforma comportamental de procedimentos contra a corrupção e comportamentos de determinados políticos que estão no poder”, disse.

Católicos de Manaus, marcaram presença no lançamento
Católicos de Manaus, marcaram presença no lançamento

Segundo o governador, o documento seguirá de Manaus para outros municípios do Estado, onde serão colhidas mais assinaturas. “Eu o assinei por ser uma reforma não só política no sentido partidário, mas no sentido mais amplo do termo – contra práticas que prejudicam o crescimento do Brasil”, ressaltou.

Amazonianarede-TVAM-Fotos G1

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.