“Cães já estavam alterados”, diz cinegrafista

Luiz Carlos de Jesus foi mordido por um pit bull durante um protesto de professores
Luiz Carlos de Jesus foi mordido por um pit bull durante um protesto de professores
Luiz Carlos de Jesus foi mordido por um pit bull durante um protesto de professores

“Os cachorros já estavam alterados por causa dos barulhos das bombas”, segundo o cinegrafista da Band, Luiz Carlos de Jesus, mordido por um pit bull durante um protesto de professores, em Curitiba, na última quarta-feira. “Parecia que, se soltassem os cães, eles morderiam qualquer um, até mesmo os policiais”, falou durante o programa “Café com Jornal” nesta quinta-feira. 

O cinegrafista contou que não pode afirmar que os animais receberam ordem para mordê-lo. “Já fiz reportagens sobre esses cachorros e eles são muito bem treinados. Então se eles receberem ordem, os cães vão atacar”.

Luiz Carlos de Jesus foi mordido por um cão da raça pit bull na parte interna da perna direita, enquanto gravava imagens da confusão. Na mesma ação, outro cão do polícia, um pastor alemão, mordeu a mão de um deputado.

Encaminhado a um hospital da região, Luiz Carlos tomou uma injeção antitetânica e foi medicado. Ele deve ficar em repouso para a recuperação, já que este tipo de ferimento não pode ser suturado por causa de bactérias na boca do animal. BAND

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.