Caem mais 2 do tráfico no Novo Israel

(Foto: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do Delegado Titular, Ivo Martins, e com o apoio de integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), deflagrou ação policial na tarde dessa quinta-feira (3) que resultou nas prisões de duas pessoas envolvidas com tráfico de drogas no Novo Israel, Zona Norte de Manaus.

Com o objetivo de combater o tráfico de drogas doméstico na rua Guanabara, naquele bairro, a ação tinha por finalidade cumprir dois mandados de busca e apreensão expedidos no último dia 30 de setembro pelo juiz Francisco Pessoa Almada, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute).

Na residência de Marilza de Pinto Lima, 34, foram apreendidas 17 trouxinhas de substância entorpecente com características de oxi, escondidas dentro de uma fralda descartável do filho dela, um bebê de seis meses, além de R$ 82 em espécie, três celulares e um notebook sem nota fiscal.

Eliomar Lima do Nascimento, 29, conhecido como “Candinho”, foi preso em outra residência. No lugar foram encontradas oito trouxinhas de substância entorpecente com aspecto de oxi, com as mesmas características das encontradas na casa de Marilza, e dois rádios comunicadores da polícia.

“Após um mês de investigações, iniciadas a partir de denúncias anônimas da comunidade, conseguimos prender Marilza e “Candinho”, que faziam no lugar o que chamamos de tráfico de drogas doméstico. Com isso, desarticulamos dois pontos de comercialização de entorpecentes na rua Guanabara”, destacou Ivo Martins.

Ele ressalta que serão iniciadas investigações sobre a procedência dos rádios da polícia encontrados com “Candinho”. Durante a ação, três adolescentes foram levados para a unidade policial, onde foram ouvidos e em seguida liberados.

No 18º DIP, Marilza e “Candinho” foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas (Artigos 33 e 35, respectivamente, da Lei nº 11.343/06). Depois dos trâmites realizados na unidade, eles serão encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irão aguardar julgamento.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.