De Manaus, Hércules da FAB vai decolar para resgatar corpos do acidente aéreo na Colômbia

A decolagem rumo a Medelim, deve acontecer hoje

 

A decolagem rumo a Medelim, deve acontecer hoje
A decolagem rumo a Medelim, deve acontecer hoje

Manaus, AM – Um avião na Força Aérea Brasileira (FAB) pousou em Manaus na noite desta terça-feira (29), na Base Aérea da capital, localizada na Zona Sul. A aeronave C-130 Hércules seguirá na quarta-feira (30) – ainda sem hora definida – para a cidade de Medellín, na Colômbia, onde prestará apoio às vítimas Do acidente aáreo que matou parte da delegação do Chapecoense.

A aeronave partiu na tarde desta terça-feira (29) do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, e chegou em Manaus às 20h. O avião conta com cerca de 10 tripulantes, entre profissionais especializados em resgate, do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARA-SAR).

De acordo com o comandante do Comar 7, brigadeiro Waldeísio Ferreira Campos, a aterrissagem em Manaus ocorreu por motivos técnicos. “É uma parada técnica para dar apoio à tripulação e reabastecer a aeronave”, disse.

A aeronave aguarda o acionamento de autoridades da Colômbia e do Brasil para seguir até o local do acidente. “Agora vamos aguardar o acionamento para sair de Manaus e seguir para Medellín. As autoridades colombianas e brasileiras, que algumas já estão lá, vão dizer a hora que a aeronave deverá partir”, acrescentou o Campos.

Segundo o comandante, uma outra aeronave da FAB pousou no município de Tabatinga, a 1.108 quilômetros de Manaus, na noite desta terça-feira (29), também por motivos técnicos. O avião transportará uma equipe técnica, além de familiares das vítimas para auxiliar na identificação dos corpos.

O resgate dos corpos dos brsilerios, virão no avião da FAB
O resgate dos corpos dos brasileiros, virão no avião da FAB

Além dos dois aviões, Manaus ainda conta com uma aeronave reserva, que poderá ser acionada para desempenhar o mesmo tipo de missão, caso seja necessário.

De prontidão em Manaus

Uma equipe de profissionais especializados em resgate, do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARA-SAR), e dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) estão de prontidão em Manaus após o acidente com a aeronave que conduzia a delegação da Chapecoense e jornalistas brasileiros no trecho para Medellín, na Colômbia,  segundo o Ministério da Defesa.

Em nota enviada à imprensa, a FAB informou que as aeronaves e a equipe do PARA-SAR estão de prontidão para auxiliar no resgate e traslado dos brasileiros vítimas do acidente.

“Também foram disponibilizadas duas aeronaves para transportar familiares das vítimas e equipes de militares”, cita trecho da nota.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) se colocou à disposição para contribuir com as investigações sobre o acidente.

A aeronave C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira já foi empregada no ano de 2010 no transporte  dos corpos de 17 militares brasileiros, mortos no terremoto no Haiti.

Acidente

O voo que transportava a equipe da Chapecoense partiu na noite de segunda-feira de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín. Segundo a imprensa local, a aeronave  perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília), entre as cidades de La Ceja e Abejorral, e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.

Segundo autoridades colombianas, há 75 mortos e seis sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.

 

Equipes de resgate trabalham nos destroços do avião que transportava a delegação da Chapecoense para a Colômbia e caiu perto de Medelín (Foto: Colombia National Police/via AP)

Amazonianarede

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.