Artesanato amazonense é destaque na Feira Internacional no Plaza Shopping

Amazonianarede – Redação – Setrab

Manaus – Setenta estandes com artesanato de 16 países e de mais sete Estados brasileiros estão expondo desde a última quinta-feira, Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, avenida Djalma Batista.

A 1ª Feira de Artesanato Mundial (FAM) é um evento do Governo do Amazonas, organizado pela Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) em conjunto com o Programa de Artesanato Amazonense.

Nos três primeiros dias de funcionamento da feira, um grande publico tem prestigiado o evento, que apresenta muitas, bonitas e interessantes novidades produzidas pelos artesão internacionais que participam, da feira e com grande destaque para os brasileiros e em especial para os amazonenses, que estão mostrando na exposição uma grande variedade de artesanato, utilizando especialmente produtos tirados da natureza amazônica, com maior destaque para as sementes que são transformadas em semijoias.

PARCERIA

A Exposição Internacional de Artesanato é um evento que tem a chancela do Governo do Amazonas e conta com a importante parceria da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Um fato que pode ser destacado como de grande relevância, é o fato de pela primeira vez acontece na capital amazonense um evento dessa natureza envolvendo num mesmo local uma grande amostragem do artesanato global.

A feira funcionará de segunda à sexta-feira, das 16h às 22h. Aos domingos e feriados, das 14h às 22h.
As peças esculpidas pelos artesãos amazonenses e africanos foi boxes estão sendo bem visitados e a comercialização tem sido muito boa, dizem os participantes, feliz com a participação no evento, considerado por eles “ como muito importante e grandioso”.

PACIÊNCIA E CARINHO

Ao todo foram trazidas para a capital amazonense cerca de cinco mil pessoas que estão na exposição e várias delas já ornamentam muitas residências e escritórios em Manaus.

Na entrada é cobrado um valor simbólico de R$ 5 por pessoa. Além de visitar os estandes, o visitante poderá participar de oficinas e palestras gratuitas de reciclagem que acontecem durante a feira.

A feira também tem como objetivo promover o intercâmbio entre os artesãos e ainda fomentar novos negócios com a realização de rodadas de negociações com empresários brasileiros e estrangeiros.

“Esse é o segmento que mais cresce na economia brasileira. E como o artesanato do Amazonas é um dos mais procurados a feira será uma boa oportunidade para fazer o escoamento dos nossos produtos”, afirmou a secretária da Setrab, Iranildes Caldas.

PAÍSES PARTICIPANTES

Os países que participam são África, Bolívia, Egito, Filipinas, Índia, Indonésia, Japão, Marrocos, Paquistão, Peru, Quênia, Síria, Líbano, Rússia, Tailândia e Turquia. Do Brasil, participam artesãos de mais de 15 Estados, entre eles Amazonas, Rio Grande do Norte, Tocantins, Minas Gerais, Pará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Santa Catarina, Piauí, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Paraná e São Paulo.

Somente do Amazonas, participam aproximadamente 100 artesãos da capital e do interior do Estado nos segmentos de artes manuais, cosméticos, moda amazônica e biojoias. Entre os municípios representados no evento, estarão artistas de Silves, Juruá e Parintins. Os artesãos amazonenses expõem peças artesanais confeccionadas com elementos da fauna e flora amazônica, como palha, madeira certificada e sementes.

A expectativa é que sejam fechados de R$ 3 milhões a R$ 5 milhões em negócios. De acordo com secretária da Setrab, são esperadas 200 mil pessoas nos dez dias de feira.“O visitante poderá conviver com artesãos das mais diversas nacionalidades e culturas, e, ainda, ter a oportunidade de fazer bons negócios com produtos criativos e preços variados”, reiterou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.