Após folga, reservas da Seleção treinam com bola e conhecem a Cafusa

Depois de conquistar a boa vitória sobre a França, no último domingo, a delegação brasileira ganhou um dia de folga e voltou aos trabalhos de preparação para a Copa das Confederações nesta terça-feira.

A novidade foi a Cafusa, bola da Copa das Confederações, usada pela primeira vez pelos jogadores brasileiros.
Os trabalhos com bola, no entanto, foram feitos apenas pelos jogadores reservas, comandados pelo auxiliar-técnico Flávio Murtosa. A comissão técnica brasileira preferiu preservar os jogadores titulares, que apenas correram ao redor do gramado e permaneceram na academia realizando um trabalho regenerativo.

Em uma atividade técnica em campo reduzido, Julio Cesar, Jefferson, Diego Cavalieri, Jean, Réver, Dante, Fernando, Jadson, Jô e Bernard, após um aquecimento com Paulo Paixão, foram divididos em dois times. De acordo com o auxiliar Murtosa, a atividade teve como objetivo exercitar a posse de bola, marcação, movimentação e ações ofensivas e defensivas.

O atacante Fred e o zagueiro Thiago Silva não realizaram as atividades com o grupo principal, pois acabaram poupados. O jogador do Fluminense tem uma fratura na costela, enquanto o defensor brasileiro seguiu os mesmos procedimentos do treino da última sexta-feira, em Porto Alegre, quando também ficou de fora.

O lateral Felipe Luis, liberado para acompanhar o nascimento do filho, já era ausência confirmada nos trabalhos desta terça-feira. O jogador se junta ao resto da delegação nesta quarta, quando a Seleção viaja a Brasília, local da estreia na Copa das Confederações, no sábado, às 16 horas (de Brasília), contra o Japão, no Estádio Mané Garrincha.

(Gazeta) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.