Anderson Silva vence Nick Diaz após cinco rounds de provocações e dedica vitória a Deus e aos brasileiros

o campeão voltou e venceu
o campeão voltou e venceu
o campeão voltou e venceu

Las Vegas – Ontem, sábado, dia 31 de janeiro de 2015, os brasileiros tomaram conta de Las Vegas para ver a lenda Anderson Silva retornar ao octógono do UFC, onde venceu Nick Diaz por decisão unânime dos árbitros laterais.

Em um início de luta para lá de polêmico, Nick Diaz mostrou seu lado provocador enquanto falava, deitava no chão e chamava Anderson Silva para luta, enquanto o brasileiro mantinha o foco e não entrava no jogo de provocações do falastrão americano. Mas mesmo golpeando pouco, conseguiu magoar o nariz de Diaz com seus certeiros golpes retos.

No segundo assalto, a luta ficou ainda mais tensa, mas com Anderson mostrando-se mais conservador, com Diaz cercando a lenda brasileira e usando de seu boxe enquanto Anderson contragolpeava,  concentrado em não cair nas provocações do americano, que cruzava os braços enquanto Anderson buscava manter o foco.

No terceiro assalto, a luta manteve-se equilibrada, mas com leve vantagem para Anderson, que chutava baixo, combinava golpes no abdômen, com Diaz aparentando estar mais frustrado. Adiante, no quarto round, Anderson subiu no cage igualmente focado, e Diaz tendo suas costelas visivelmente coloradas de roxo pelos precisos golpes do  Spider, acabou sendo duramente golpeado no rosto em algumas oportunidades, aumentando sua coleção de hematomas nesta noite.

Anderson deixou para ‘soltar seu jogo’ no último round, após ter garantido a vitória nos pontos. Com sua confiança restaurada após uma atuação sem riscos, sob lágrimas, apoio de sua equipe e aplausos de uma torcida calorosa, contando com Jon Jones, seu fã, na primeira fileira.

Agradecimentos

“Esse momento é muito importante para mim. Eu quero agradecer a todos vocês, brasileiros que vieram aqui. Eu achei que não ia voltar no começo. Eu quero agradecer o meu médico, meus preparadores, por tudo que fizeram por mim. Obrigado Deus.

Nick é o melhor. Eu to aqui há muito tempo e é a primeira vez que luto com um cara tão forte mentalmente que soca e chuta tão forte. Esse é um grande show para as pessoas. Ele é um grande show e eu sou um grande show.

Ele não é mau, ele é um showman, esse é o UFC”, disse Anderson no octógono após o momento de grande comoção, onde deitou e chorou com o sentimento de alívio

Questionado sobre seu futuro, Anderson que venceu a luta por decisão unânime, cogitou a hipótese de encerrar a carreira.

“Eu vou voltar para minha familia agora, eu vou ficar com meu filho Kalil, que pediu para eu não lutar. Vou voltar para minha familia, talvez eu volte (a lutar), eu não sei. Esse é o melhor esporte do mundo, muito obrigado por todo mundo que veio aqui, Deus abençoe a todos”

Tendo sofrido os mais duros chutes e pisões de Anderson Silva em sua perna, Nick Diaz abriu o jogo após a luta, mas acredita que poderia ter obtido uma vitória.

“Depois de um tempo eu senti aquela perna, e não estava mais chutando, pois ele me chutou muito forte. Eu estava tentando entrar em sua cabeça, mas mesmo assim ele chutou muito. Eu amo Anderson Silva, eu teria ganho, fui para cima durante a luta toda, mas estamos falando de Anderson. Vou esperar por mais oportunidades, foi uma grande luta “

Anderson agora, segundo Dana White, está apto para voltar a desafiar Chris Weidman, que se lesionou nesta semana e teve sua luta contra Vitor Belfort adiada, tornando seu futuro uma incógnita.

Amazonianarede- MMA Space.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.