America, vence o CRB, bate recorde e conquista a Serie B

Um ano depois, zagueiro que se salvou de tragédia com a Chape dá título da Série B ao América mineiro O zagueiro estava no elenco da Chapecoense no ano passado, mas perdeu espaço aos poucos por conta de uma lesão. Assim, quis o destino que ele não embarcasse para a trágica viagem rumo à final da Copa Sul-Americana. Praticamente um ano depois, ele entrou em campo como capitão para dar alegrias a um novo torcedor – e tristeza a outros. Rafael Lima marcou o único gol da vitória do América-MG por 1 a 0 para cima do CRB e levantou a taça de campeão da Série B com o time alviverde. "Dedico a minha família, a Deus e a esse grupo que merece muito esse acesso. Quero agredecer a quem me trouxe para cá. Mas quero oferecer a todas as famílias daqueles guerreiros que não estão mais conosco. Não faço mais parte da Chapecoense, mas tenho muitos amigos também, esposas de ex-companheiros... Esse título é um pedacinho de vocês também", disse Rafael Lima ainda no gramado. A rede balançou já aos 20 minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio pela direita, a bola ia passando por todo mundo até encontrar o copor de Rafael Lima na segunda trave. Foi a alegria completa dos 22.481 pagantes que quebraram o recorde de público do estádio Independência, após a sua reinauguração. Foi também a frustração dos mais de 30 mil torcedores colorados que compareceram ao Beira-Rio. O Internacional até fez sua parte sem muitos sofrimentos e bateu facilmente o Guarani por 2 a 0, com dois gols de Nico López. Confira os gols de Internacional 2 x 0 Guarani O resultado, porém, de nada adiantou. E o Inter encerra seu calvário sem o título da Série B – foram 20 vitórias, 13 empates, cinco derrotas e 71 pontos conquistados. O América-MG fecha a competição com dois pontos a mais. E volta a ser campeão da Série B 20 anos depois do título que havia levantado em 1997. Amazoninrede-ESPN

Um ano depois, zagueiro que se salvou de tragédia com a Chape dá título da Série B ao América mineiro

Belo Horizonte, MG – O zagueiro estava no elenco da Chapecoense no ano passado, mas perdeu espaço aos poucos por conta de uma lesão. Assim, quis o destino que ele não embarcasse para a trágica viagem rumo à final da Copa Sul-Americana.

Praticamente um ano depois, ele entrou em campo como capitão para dar alegrias a um novo torcedor – e tristeza a outros. Rafael Lima marcou o único gol da vitória do América-MG por 1 a 0 para cima do CRB e levantou a taça de campeão da Série B com o time alviverde.

“Dedico a minha família, a Deus e a esse grupo que merece muito esse acesso. Quero agredecer a quem me trouxe para cá. Mas quero oferecer a todas as famílias daqueles guerreiros que não estão mais conosco. Não faço mais parte da Chapecoense, mas tenho muitos amigos também, esposas de ex-companheiros… Esse título é um pedacinho de vocês também”, disse Rafael Lima ainda no gramado.

A rede balançou já aos 20 minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio pela direita, a bola ia passando por todo mundo até encontrar o copor de Rafael Lima na segunda trave.

Foi a alegria completa dos 22.481 pagantes que quebraram o recorde de público do estádio Independência, após a sua reinauguração.

Foi também a frustração dos mais de 30 mil torcedores colorados que compareceram ao Beira-Rio. O Internacional até fez sua parte sem muitos sofrimentos e bateu facilmente o Guarani por 2 a 0, com dois gols de Nico LópeO resultado, porém, de nada adiantou. E o Inter encerra seu calvário sem o título da Série B – foram 20 vitórias, 13 empates, cinco derrotas e 71 pontos conquistados.

O América-MG fecha a competição com dois pontos a mais. E volta a ser campeão da Série B 20 anos depois do título que havia levantado em 1997.

Amazoninrede-ESPN

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.