A centenária história do Nacional será contada no Sambódromo Pela Vitória Régia

Amazonianarede – Redação 

Manaus – O centenário Nacional Futebol Clube, o maior campeão do futebol amazonense e o mais querido do Amazonas ou ainda o Leão da Vila, será o grande homenageado do samba este ano no Carnaval amazonense.
A bela história do clube, suas glórias e suas conquistas serão contadas em forma de samba na passarela do Sambódromo pela Escola de Samba Vitória Régia, da Praça 14 de Janeiro, com mais de 3,5 componentes, a exemplo do Naça tantas vezes campeã’

“O grito dos torcedores do “Naça” se confundirá com a torcida da escola da Praça 14’’.

Essa é a afirmação do presidente da casa, Alexandre Marques, o “Lelé”. O time completa cem anos no próximo dia 13, e de acordo com o representante, o tema fechado em 2012, foi inciativa do mestre de bateria “Didi” e do vereador Mitoso.

COLECIONADOR DE TITULOS

Nos gramados o Nacional é um coleci0nador insaciável de títulos no futebol e a escolha para que a sua história fosse contada em prosa e verso, em forma de samba no Carnaval foi uma escolha democrática da Vitória Régia, através de votação e mais uma vez o Mais Querido ganhou de goleada e por isso, a sua história gloriosa vai para o Sambódromo.

O Legado do Nacional é o que mais chama a atenção do presidente verde e rosa. Para Lelé, é uma grande honra homenagear o clube, pois muitos integrantes da Vitória Régia também torcem para o Leão da Vila e vice versa. A união das duas torcidas, segundo o presidente, promete ser a chave para o desfile.

Lelé, não esconde o jogo e fala com orgulho do seu time de coração. “Sou nacionalino e lembro dos gritos no estádio durante os jogos. Não dá para esquecer momentos em que a bateria da Vitória Régia subia nas arquibancadas e animava o Nacional. Além disso, vários jogadores que já passaram pelo clube são torcedores fiéis da verde e rosa”, disse.

Na avenida do samba, Lelé promete desenvolver a história em cinco setores. Por todas as etapas, ele vai contar a história do Nacional Futebol Clube de início ao fim. Desde o nascimento do time, aos grandes campeonatos, títulos conquistas, origem do símbolo do time (A Águia), entre outros pontos serão abordados no enredo da Vitória Régia.

O sambista nacionalino fez questão de salientar que as glórias conquistadas no campo e fora dele pelo Nacional, teve a grande participação de valorosos e aguerridos adversários, que também serão lembrados durante o desfile da Vitória Régia.

“O nacional não cresceu sozinho e de forma isolada, por isso, teremos uma das nossas 25 Alas, uma homenageando os clubes amazonense que ajudaram o nasceu a escrever a sua bela história, agora centenária – disse Lelé.

O G.R.E.S. Vitória Régia entra na Avenida do Samba às 21h20, do dia 9 de fevereiro. A Escola é a segunda a se apresentar, precedida pela campeão do grupo de acesso em 2012, Presidente Vargas. Após a apresentação da verde e rosa, virão na sequência: Grande Família, Balaku Blaku, Reino Unido da Liberdade, Mocidade Independente de Aparecida, Sem Compromisso e Unidos da Alvorada.

ENSAIOS E FANTASIAS

Os ensaios da Verde e Rosa acontecem de segunda a sexta-feira, sempre das 20h às 22h30. Nesta quinta-feira (03) aconteceu o primeiro ensaio a céu aberto, do lado de fora da quadra da escola de samba, situada próximo ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, na Praça 14, onde o profano vive em harmonia com a religião.

As fantasias serão vendidas a partir do dia 12 de janeiro, também na quadra da agremiação, com preços a partir de R$ 50.

APRENDA O SAMBA

“O Centenário do Nacional de verde e rosa no Carnaval”

Eu sou Vitória Régia… Eu sou, eu sou!
Sou do time campeão… É gol, é gol!
Se tem taça, sou raça, sou Naça…
Sou águia, sou estrela, sou leão
Nacional, Nacional, Nacional…
A verde rosa vem contar a sua história.
Time do meu coração, facho de luz e emoção,
São 100 anos de conquistas e glórias.
Criação dos visionários desportistas
Ilumina o nortista, brilha mais do que o Sol.
Meu passado, meu presente e futuro,
És o meu porto seguro, orgulho do futebol
Tem charanga, bateria, futebol e carnaval.
Tem um ‘N’ no meu peito tá escrito Nacional
Vai ter festa e folia na Vila Municipal
Sou Campeão dos campeões estadual
Lenda e tradição do Amazonas…
Já fez história na primeira divisão.
É a torcida mais forte, representante do norte
Com as cores da paixão
Hoje o azul e branco é verde rosa,
Vem cantar em verso e prosa,
Juntos numa só nação.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.