Uarini é a 59º cidade a aderir ao CCOTI da Assembleia

(Foto: Alberto César Araújo – Aleam)

A cidade de Uarini se tornou o 59º município a assinar com a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) o termo de cooperação técnica que permite que o Legislativo estadual auxilie e oriente os Legislativos municipais em suas atribuições. A previsão do presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PSD), é que até o final do ano os dois que ainda faltam, serão inseridos.

Por meio do Centro de Cooperação Técnica para o Interior (Ccoti), a Aleam oferece às Câmaras Municipais orientações sobre elaboração das Leis Orgânicas Municipais para quem não tem ainda, atualização para as já instituídas, Regimento Interno dos legislativos, cursos sobre leis orçamentárias, qualificação e treinamento de servidores, etc. De acordo com o coordenador do Ccoti, Luis Almir Soares, 35 dos 61 municípios já estão com novos Regimentos Internos e Leis Orgânicas. “Com Uarini, não será diferente. Esperamos entregar o documento, no início de 2014”, disse Luis Almir.

O presidente da Câmara Municipal de Uarini, Silvano Oliveira da Costa (PROS) e outros oito vereadores, entregaram simbolicamente um exemplar da velha Lei Orgânica e Regimento Interno, para receber, posteriormente, os novos documentos revisados e atualizados. “Nossa Lei Orgânica data do ano de 1990 e teve como base uma lei de um município de São Paulo e hoje está desatualizada”, disse o vereador Silvano.

Saúde

O vereador Silvano Costa informou também que procurou a Comissão de Saúde da Aleam, para apresentar sua preocupação com a malária, cujo índice de ocorrência está aumentando na cidade, que hoje tem cerca de 13 mil habitantes. O presidente da Comissão de Saúde, deputado Ricardo Nicolau, informou que vai procurar a Susam para sugerir uma ação de combate à doença que, até o mês de julho, já tinha infectado 700 habitantes. “Um aumento significativo em relação a 2012 e preocupante”, disse Silvano.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.