TJAM começa a divulgar a campanha de priorização do 1º grau

Divulgação da campanha de 1º grau do TJAM
Divulgação  da campanha de 1º grau do TJAM
Divulgação da campanha de 1º grau do TJAM

Amazonas – A Divisão de Divulgação e Imprensa do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) começou a divulgar  a campanha “Priorização do 1º Grau da Justiça – A Nossa Meta é Você”, lançada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Através de folders, cartazes e matérias veiculadas na imprensa, a campanha tem por objetivo fortalecer a política do CNJ para a primeira instância, atacando as causas históricas de acúmulo de processos, tendo como premissa a preocupação com o ser humano.

O coordenador do Comitê Gestor Nacional da Rede de Priorização do Primeiro Grau, conselheiro Rubens Curado destacou que essa política foi elaborada a partir de informações estatísticas, como as que indicam que 92% dos quase 95 milhões de processos em tramitação no país estão na primeira instância, e que o estoque de 67 milhões de processos pode subir a 78 milhões em 2020 se nenhuma medida for adotada. “Precisamos sair do mais do mesmo para que a realidade de 2020 possa ser outra”, ponderou.

— É necessário prover as condições adequadas para que magistrados e servidores de primeiro grau possam prestar um serviço judiciário de qualidade e que a experiência de cada tribunal é importante para a construção de um plano nacional que possa ter seus resultados monitorados segundo as melhores práticas de gestão – disse Rubens Curado.

A presidente do TJAM, desembargadora Graça Figueiredo, disse que, a exemplo do que aconteceu no CNJ, no Amazonas a política de atenção ao 1º Grau terá o apoio da equipe de comunicação do tribunal. “As peças da campanha e o cronograma de execução foram enviadas ao Amazonas pela Secretaria de Comunicação Social do CNJ” , explicou Graça Figueiredo.

— O 1º Grau é uma das metas da minha administração. É nessa instância em que estão aproximadamente 90% dos processos em tramitação no Poder Judiciário – , disse a presidente.

A secretária de Comunicação do CNJ, Giselly Siqueira, disse que o conselho quer atuar de forma participativa com os tribunais para explicar porque a primeira instância deve inspirar atenção de todo o Judiciário.

Os principais objetivos da campanha são divulgar informações e ações relativas à Rede de Priorização do 1º Grau e aos comitês regionais, explicando como eles funcionam e os principais resultados obtidos. Além disso, pretende mobilizar juízes e servidores a participarem dos comitês e a executarem suas propostas.

Amazonianarede-Ascom, Tjam

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.