TJAM anuncia remoções em comarcas do interior

O desembargador Altair Thury, pr4esidiu a sessão do Pleno
O desembargador Altair Thury, pr4esidiu a sessão do Pleno
O desembargador Altair Thury, presidiu a sessão do Pleno

Amazonas – A sessão do Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) confirmou, na manhã desta terça-feira (24), a remoção de seis juízes entre as comarcas do interior do Estado. O edital número 16/2015-PTJ, de 13 de outubro deste ano, foi disponibilizado no Diário da Justiça Eletrônico no dia seguinte.

Foram oferecidas 23 remoções. O desembargador Aristóteles Thury presidiu a sessão. O juiz Adonaid Abrantes de Souza Tavares, da comarca de Itapiranga, foi removido para Manaquiri pelo critério de antiguidade. Esta remoção foi a mais concorrida, com oito magistrados inscritos.

O juiz Diego Brum Legaspe Barbosa, de Santa Isabel do Rio Negro, foi removido para Manicoré pelo critério de merecimento. Já o juiz Fábio Lopes Alfaia, de Barcelos, vai para a 1ª Vara de Coari, pelo critério de antiguidade. No mesmo critério, o juiz Glen Hudson Paulain Machado troca a comarca de Autazes por Caapiranga.

Ainda pela antiguidade, a juíza Silvânia Corrêa Ferreira, de Nhamundá, foi removida para Barreirinha. A magistrada Scarlet Braga Barbosa Viana deixa a comarca de Jutaí por Codajás, pelo mesmo critério.

As comarcas de Pauini, Juruá, Canutama, Amaturá, Tapauá, Ipixuna, Japurá, Boca do Acre, São Paulo de Olivença, Envira, Itamarati, 2ª Vara e 1º Juizado Especial Cível e Criminal de Coari, Eirunepé, Apuí, Lábrea e Tabatinga não receberam juízes inscritos.

Amazonianarede-Ascom, TJAM

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.