Temendo reação do público, Dilma e Cabral não vão à final da copa

Brasília – Presidente teria conversado com o governador Sério Cabral (PMDB); ambos decidiram que era melhor não ir ao Maracanã; temem que vaias da abertura se repitam na final; Dilma teria sido aconselhada por vários interlocutores a não ir ao Rio, entre eles o governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB).

A presidente Dilma Rousseff (PT) não irá à final da Copa das Confederações neste domingo (30), no Maracanã, no Rio de Janeiro. Teme novas vaias, como ocorreu na abertura dos jogos em Brasília. Segundo a coluna “Painel”, da Folha de S. Paulo, a presidente conversou com Sérgio Cabral ontem, antes da desistência. Os dois teriam concordado que não haveria clima para irem ao estádio.

As medalhas para o vencedor da partida entre Brasil e Espanha serão entregues pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, e pelo ministro Aldo Rebelo (Esporte). Dilma teria sido aconselhada por vários interlocutores a não ir ao Rio, entre eles o governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB). O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), não decidiu ainda se vai ou não encarar a torcida.

(Brasil 247)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.