Semed realiza final do concurso gastronômico

(Foto: Ascom)

Pratos feitos com alimentos utilizados no Programa Alimentação Escolar, implantado pela Prefeitura de Manaus, no início de março deste ano, foram avaliados na final do Concurso Gastronômico, na tarde desta segunda-feira, 18, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) do órgão.

O concurso teve a finalidade de incentivar as manipuladoras de alimentos a criar receitas saborosas, saudáveis e com valor nutricional equilibrado, colocar em prática a sua criatividade e valorizar o trabalho assim como buscar diversificar o cardápio do Programa Alimentar.

O secretário Municipal de Educação, Pauderney Avelino, afirmou que a ideia de fazer o concurso nasceu durante a formação de 400 manipuladoras de alimentos, realizada em parceria com a Uninorte. “Quando fizemos a formação, vislumbramos o concurso gastronômico como forma de incentivar a criatividade das nossas merendeiras”, afirmou Pauderney.

O processo de escolha foi feito da seguinte forma: as manipuladoras se inscreveram no mês de setembro, em seguida passaram por eliminatórias em suas respectivas divisões distritais a fim de que fossem escolhidas três e, por fim, somente uma para representar cada zona de Manaus, inclusive zona rural, no evento de hoje.

Os pratos foram avaliados por cinco nutricionistas da Universidade do Norte – Uninorte, que avaliaram o visual, sabor, textura, tempo de preparo e a utilização de produtos do Programa Alimentar.

“Os pratos devem ter boa apresentação, afinal a primeira etapa do interesse pelo prato começa pelo visual. Depois avaliamos o paladar e os ingredientes utilizados, valor nutricional e o tempo de preparo”, afirmou Esther Benayon, coordenadora do curso de Nutrição da UNINORTE.

As três primeiras ganhadoras do concurso receberam a premiação de uma TV de LCD 32 polegadas, geladeira e fogão. A grande vencedora foi Tatiana Lopes, merendeira da Escola Antônia Alexandrina, que fez o Risoto de Frango Agridoce. Em segundo lugar, os jurados escolheram o Escondidinho de Frango, feito pela merendeira Maria das Graças Marques de Souza, da Escola Solange do Nascimento. E em terceiro lugar, a Salada de Músculo, feito por Étila Araújo, da Escola Helena Walcott.

Para a gestora da escola campeã, Fábila Gomes Pereira, vencer o concurso é uma forma de dar transparência de um bom trabalho que a prefeitura vem fazendo nas escolas. “Os pais nos exigem que a merenda servida seja de alta qualidade, igual ao do comercial, e estamos mostrando criatividade, bom paladar e valor nutricional com este e outros pratos servidos diariamente com os produtos da Alimentação Escolar”, afirmou Fábila.

“Os pratos apresentados neste concurso entrarão para um livro de receitas e estamos muito felizes com a primeira edição do concurso”, finalizou Pauderney Avelino.

No fim do evento foram entregues troféus às pessoas que conquistaram o 1º, 2º e 3º lugar, certificados de honra ao mérito às 21 manipuladoras que passaram por seleção nas DDZs.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.