Sem estrutura a Rodoviária de Manaus parece uma lixeira

Amazonianarede – Redação

Manaus – O repórter do Portal Amazonianarede foi as 5:30 da manhã apanhar um amigo na Rodoviária de Manaus e ficou literalmente arrasado, com a falta de estrutura, sujeira, falta de informação, uma bagunça generalizada, numa cidade que se prepara também para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014.

Além da falta de gestão, pois já com um a grande movimento ao amanhecer o dia, a rodoviária que deve funcionar ininterruptamente, não havia ninguém da Casa para prestar a mínima informação que fosse e quem precisava colher algumas informações, quem quebrava o galho eram os taxistas, que gentilmente fazem o papel dos servidores da Rodoviária, que mesmo fora de hora, deveria ter alguém de plantão para atender aos usuários do sistema.

Por outro lado, as empresas que atuam nas linhas interestadual e intermunicipais de transporte coletivo, também pouco ou nada fazem pelos usuários, a não ver vender passagens.

O passageiro que fomos esperar, procedia de Boa Vista, capital do Estado de Roraima e viajava pela Asatur, mas o escritório da empresa estava fechado e segundo informações dos taxistas, o escritório só abre no final da tarde, considerando que a empresa só viaja a noite, com saída de Manaus todos os dias as 19:30 horas, por isso, pela manhã não existe ninguém para recepcionar os passageiros e se alguém precisar reclamar alguma coisa, que faça para o bispo, pois além dos tripulantes do coletivo não tem ninguém da empresa que possa receber alguma reclamação ou prestar outro tipo de informação. Um absurdo.

LIXEIRA

A reportagem ficou uns 40 minutos a espera do coletivo da Asatur que atrasou e observou a completa falta de estrutura da Rodoviária de Manaus e também a má educação dos usuários, que não ajudam a zelar pelo patrimônio que é público.

Apesar de existirem várias lixeiras distribuídos em diferentes pontos da chamada estação de passageiros, o lixo é jogado livremente e se espalha pelo chão do salão de passageiros se transforma numa verdadeira lixeira e não tem ninguém reclamando desse comportamento, orientando as pessoas para não procederem assim ou limpando e tudo fica um lixo só. A falta de higiene na Rodoviária de Manaus é um caso de polícia.

Visitamos os banheiros e por lá a situação ainda era mais desagradável. Água por todos os lados, uma sujeira só, portas sem fechaduras, assentos sem tampa, descargas sem funcionar e até papel higiênico não existia. A única coisa que tem nos banheiros, é uma placa avisando os usuários que a sua utilização é gratuita.

Outro ponto crítico da Rodoviária, é a falta de estacionamento para quem vai deixar ou buscar passageiros.
Muitos carros são obrigados a parar em filar duplas, com o condutor obrigado a ficar próximo ao veículo para movimenta-lo, caso seja necessário e foi exatamente o que aconteceu com a nossa reportagem.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.