Seleção de “Felipão” não anima o torcedor em Manaus

As fracas atuações da seleção brasileira de futebol nos últimos anos e mais recentemente sob o comando do técnico Luís Felipe Scollari, somada a 22ª colocação do time no ranking da FIFA e além disso a tradicional teimosia dos dirigentes, que deixam de fora jogadores que são unanimidade da torcida, como é o caso atual de Ronaldinho Gaúcho, do Atlético Mineiro, deixaram o torcedor manauara sem o velho ânimo de outros tempos.

Pelas ruas da cidade, poucas são as casas que mostram a bandeira brasileira ou algum objeto que faça lembrar a seleção e mostrar que ali existe um torcedor confiante no desempenho da equipe.

Seu Elivando da Cruz (54), morador do bairro Chapada, diz que é fanático por futebol e fã de carteirinha do Nacional de Manaus. Quando o assunto é a seleção, ele dispara: “Olha, o torcedor não é mais bobo. Tá todo mundo vendo que esse time do Felipão não vai a lugar nenhum, prevê.

Ele critica a escolha feita pelo técnico, que barrou alguns jogadores: “O Ronaldinho tá jogando muito e ficou fora. A insistência com esse Hulck também não dá prá entender, fora aquela defesa que é muito fraca. Ah, tem o Lucas que não sei porque não joga, só tem lugar garantido o Neymar e agora com a camisa dez, que já foi do Pelé, do Zico, enfim fica difícil torcer, aponta.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.