Rodoviários prometem greve, com catraca livre, na segunda (04)

Amazonianarede – Sérgio Costa
Com informações do Portal Acritica

Manaus – Mais uma vez a população de Manaus está ameaçada, com uma nova greve de motoristas e cobradores do sistema de transporte coletivo da cidade.

As informações são do presidente do Sindicato dos Rodoviários, Josildo Oliveira, que afirma não ter recebido nenhuma reposta do Sinetram, quanto às reivindicações da categoria, já com o aval do Tribunal do Trabalho.

Caso não haja uma definição do cumprimento do que foi acordado, 30% da frota vai permanecer nas garagens e os restantes 70% rodarão sem cobrar a tarifa aos usuários. Josildo denuncia ainda que muitos trabalhadores têm o FGTS descontado em folha, mas as empresas não recolhem o benefício, assim como o INSS.

Os trabalhadores exigem o cumprimento do reajuste salarial de 3%, o aumento do valor do tíquete alimentação dos atuais R$ 8 para R$ 10, R$ 5 para o café da manhã e o aumento do valor da cesta básica para R$ 200.

Na última tentativa de greve dos rodoviários, a intervenção do prefeito Arthur Neto suspendeu o movimento e, desta vez, o administrador da capital já teria sido avisado. Oliveira afirma que, se não houver a imediata ação dos empresários para cumprir os acordos, Manaus vai amanhecer com greve na segunda-feira. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.