Resgate arqueológico do Prosamim conta com participação de alunos da UEA

Amazonianarede – UEA

Manaus – O Programa de Saneamento Básico dos Igarapés de Manaus (Prosamim), por meio da Unidade Gestora do Programa (UGPI), está promovendo o resgate arqueológico e a memória social do igarapé do Belchior, no bairro de Aparecida. Para isso, participam da iniciativa os alunos finalistas do curso de Arqueologia da UEA, com apoio institucional da Secretaria de Estado da Cultura (SEC), responsável pela guarda legal do material cultural resgatado.

Além das ações relativas ao resgate da memória social da área, desde o dia 5 de novembro, a equipe, sob a coordenação da professora Arminda Mendonça, está escavando uma unidade de 2m/2m em níveis artificiais de 10 centímetros.

“É uma experiência ímpar, já que ao longo dos quase quatro anos de curso, só participaram de pesquisas no âmbito da arqueologia pré-colonial”, conta a professora.

O resgate esta autorizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), de acordo com a Portaria n° 23/2012 – Proc. n° 01490.000.936/2011 – 58, Publicado no Diário Oficial da União n° 156, de 13.8.2012.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.