Reforma Administrativa do Estado deverá chegar na próxima semana à Assembleia

Dep. Josué \neto, pres. da Assembleia Legislativa do Estado
Dep. Josué \neto, pres. da Assembleia Legislativa do Estado
Dep. Josué \neto, pres. da Assembleia Legislativa do Estado

Amazonas – A proposta da reforma administrativa do Executivo, ainda não chegou à Assembleia Legislativa do Estado, o que deverá ocorrer na próximo semana, mas a analise da matéria de fundamental importância para o Estado, será feita dentro do prazo, mas sem afobação para que tudo saia corretamente.

Isso foi o que declarou hoje em entrevista coletiva à imprensa o deputado Jusué Neto, presidente do Legislativo.

“ A Assembleia está pronta para analisar a e não haverá pressa na análise dos seis projetos que tratam da nova Reforma Administrativa do Governo do Estado, e que visam a economia de despesas em torno de R$ 700 milhões” – disse o presidente.. As propostas devem chegar à Aleam até a próxima semana, e segundo Josué, ainda não há previsão de quando elas irão à votação.

Ele explicou que não houve pedido de urgência por parte do governo do Estado, e por isso os projetos tramitarão o tempo que for necessário para análise dos deputados, principalmente por  tratar de medidas que ajudarão o Governo Estadual a enfrentar a crise econômica do país, sem comprometer investimentos. O presidente informou que secretários do Estado virão à Aleam na próxima semana para tirar dúvidas dos parlamentares.

“O governo deixou muito claro que não há pressa para aprovação da reforma. Ou seja, não haverá uma tramitação em regime de urgência. Se não há pressa, é sinal de que tudo que está sendo feito para que chegue aqui uma proposta bastante amadurecida”, disse. “Vamos ter aqui a presença dos secretários para que a gente possa debater com os deputados cada uma das suas propostas e o ter um detalhamento do que será mudado”, afirmou o presidente.

Amazonianarede

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.