RC10 faz 3 gols, Real Madrid atropela Atlético e coloca um pé na final da Champions

Cristiano Ronaldo, mafa tre vezes e comanda a vitória do Rweal sobre o Atletico Madrid

Madrid, ESP – Pela ida da semifinal da Uefa Champions League, o atual campeão recebeu o Atlético de Madri no Santiago Bernabéu, e, dominante, venceu por 3 a 0, nesta terça-feira. Cristiano Ronaldo, como sempre, foi o protagonista ao marcar os gols da partida, chegando a 103 no torneio, isolando-se ainda mais na artilharia.

Depois de a equipe da casa abrir o placar, controlar a etapa inicial e criar boas chances de gol de ampliar a vantagem, o jogo foi menos intenso no segundo tempo. Os visitantes não eram tão incomodados pelo adversário, ao mesmo passo que também não ofereciam perigo. Na chance que teve, Cristiano Ronaldo marcou de novo e atordoou ainda mais os colchoneros, que ainda veriam o português chegar ao hat trick.

Com o resultado, o time comandado por Zinedine Zidane poderá perder por dois gols de diferença – ou até por três, desde que balance a rede – para se garantir na final, que será realizada em Cardiff, no País de Gales. Os merengues tentam ser o primeiro bicampeão europeu desde o Milan em 1989 e 1990.

Vale lembrar que o Real foi campeão da Champions em 2014 e 2016 batendo o Atlético na final e ainda eliminou o rival nas quartas de final em 2015.

As equipes agora farão o duelo de volta da semi na quarta-feira da semana que vem, às 15h45 (de Brasília), no Vicente Calderón. Antes disso, os dois times irão a campo no sábado pelo Campeonato Espanhol. O Real visitará o Granada no Estádio Nuevo Los Carmenes, às 15h45, enquanto o Atlético de Madri receberá o Eibar, às 11h15.

Para a partida desta terça, Varane, recuperado de lesão, entrou na vaga de Nacho no Real Madrid – Pepe está machucado -, e Isco ocupou o lugar do lesionado Bale, fortalecendo o meio de campo e deixando o ataque só com Ronaldo e Benzema. Já no Atlético, que não pôde contar com os laterais direitos Juanfran e Vrsaljko, assim como o zagueiro Giménez, que também pode fazer o setor direito, o zagueiro Lucas Hernández atuou improvisado no lado do campo.

Depois de um início truncado, o Real Madrid logo tomaria a iniciativa e conseguiria abrir o placar em seu segundo lance de perigo. Após cruzamento de Sergio Ramos cortado pela zaga, Casemiro mandou a bola novamente na área, e Cristiano Ronaldo subiu para cabecear sem chances para Oblak, aos 10min.

Dominando o meio de campo, com Casemiro, Modric, Kroos e Isco, e trocando passes rápidos, o Real envolvia o seu rival e quase ampliou a vantagem aos 16min, quando Oblak fez defesa providencial após cabeceio de Varane. O Atlético respondeu pouco depois, com Gameiro dominando na área e sendo parado em ótima saída de Navas. Aos 24min, Modric arriscou de fora da área e mandou à direita do alvo, rente à trave. Cinco minutos mais tarde, Benzema quase marcou com uma bicicleta.

Com o jogo controlado, o time da casa sofreu uma baixa já nos acréscimos. Carvajal se machucou ao cair no chão após disputa pelo alto e logo deixou o gramado, sem mais voltar. Nacho retornaria em seu lugar na etapa final.

Nos primeiros minutos após o intervalo, pouca emoção. Assim, Diego Simeone resolveu fazer duas alterações de uma vez só aos 13min: entraram Gaitán e Torres nas vagas de Saúl e Gameiro. As mudanças, porém, não impediram que o jogo seguisse pouco agitado.

Se o Atlético mal conseguia atacar, ao menos se apresentava melhor do que na primeira etapa, já que não corria riscos. Porém, na oportunidade que concedeu, acabou pagando caro. Aos 28min, Benzema foi acionado na entrada da área, protegeu bem em disputa com Godín e fez o passe. Filipe Luís errou o bote, e Cristiano Ronaldo soltou uma pancada para estufar a rede.

E se a situação do Atlético já estava difícil, ficou dramática aos 41min. Lucas Vázquez recebeu na direita, avançou até a linha de fundo, cruzou rasteiro, Casemiro fez o corta-luz, e a bola sobrou para Cristiano Ronaldo, que não perdoou.

Uma noite de gala do melhor do mundo deixou o Real Madrid mais próximo de Cardiff.

FICHA TÉCNICA:

REAL MADRID 3 X 0 ATLÉTICO DE MADRI

Local: Estádio Santiago Bernabéu, em Madri (Espanha)
Data: 2 de maio de 2017, terça-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Martin Atkinson (ING)
Assistentes: Stephen Child (ING) e Stuart Burt (ING)
Cartões amarelos: Isco (Real); Koke e Ñiguez (Atlético)

GOLS:
REAL MADRID:
 Cristiano Ronaldo aos 10 minutos do primeiro tempo e aos 28 e 41 do segundo

REAL MADRID: Keylor Navas; Dani Carvajal (Nacho), Sergio Ramos, Varane e Marcelo; Casemiro, Luka Modric e Toni Kroos; Isco (Asensio), Cristiano Ronaldo e Benzema (Vazquez)
Técnico: Zinedine Zidane

ATLÉTICO DE MADRI: Jan Oblak; Lucas Hernández, Stefan Savic, Diego Godín e Filipe Luís; Gabi, Saúl Ñíguez (Gaitán), Koke e Yannick Carrasco (Correa); Kevin Gameiro (Fernando Torres) e Griezmann
Técnico: Diego Simeone

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.