Raio atinge o Rio! Bolt é tricampeão olímpico nos 100m

 

Botl que nunca larga bem,, assume a liderança na metade da provs
Botl que nunca larga bem,, assume a liderança na metade da prova

Rio – Depois de Pequim, em 2008, Londres em 2012, neste ano foi a vez do Rio de Janeiro consagrar neste domingo o jamaicano Usain Bolt, apelidado de “O Raio”, como o homem mais rápido do mundo, com o tricampeonato olímpico dos 100 metros rasos.

Vencedor das duas últimas edições dos Jogos e também dos dois últimos Campeonatos Mundiais, Bolt levou a melhor com o tempo de 9s81, a melhor dele na temporada, em prova dentro de suas características, ou seja, início atrás dos competidores e arrancada esmagadora a partir dos 30 metros.

O Raio, agradece o carinho da torcida brasileira, representada pela carioca
O Raio, agradece o carinho da torcida brasileira, representada pela carioca

Ovacionado pelo público, que o aplaudiu e exaltou desde a entrada na pista, e enlouqueceu com a vitória, o jamaicano cruzou a linha de chegada e logo passou a carregar um boneco de pelúcia do  mascote da Olimpíada no Rio, Vinícius. Em seguida, o velocista ganhou uma bandeira do país de origem.

 

O Raio, Bolt, joga beijo para a torcida
O Raio, Bolt, joga beijo para a torcida

A medalha de prata da prova ficou com o homem que está a sombra de Bolt na atualidade, o americano Justin Gatlin, que foi vaiado intensamente pelo público. O vice dos últimos dois mundiais fechou com o tempo de 9s89.

O bronze foi conquistado pelo canadense Andre De Grasse, atual campeão pan-americano, que deixou o jamaicano Yohan Blake em quarto, graças a marca de 9s91, a melhor que o jovem corredor já estabeleceu na carreira.

Amazonianarede-Terra

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.