Quase 200 mil pessoas acompanham a missa de Pentecostes no Vaticano

Vaticano – “Quando queremos criar a diversidade e nos fechamos em nossas particularidades, criamos a divisão”, afirmou o Papa para a multidão.

Quase 200.000 fiéis se reuniram neste domingo na praça de São Pedro, segundo o Vaticano, para acompanhar a missa de Pentecostes celebrada pelo Papa Francisco, que alertou para o perigo de divisões dentro da Igreja.

“Quando queremos criar a diversidade e nos fechamos em nossas particularidades, criamos a divisão”, afirmou o Papa para a multidão, que contava com a forte presença dos membros de movimentos religiosos reunidos desde sábado para um encontro organizado pelo novo “ministério” para a “Nova Evangelização”.

“É a Igreja a que me aporta ao Cristo e que me leva ao Cristo, os caminhos paralelos são tão perigosos”, advertiu na homilia.

“Quando alguém se aventura além da doutrina da comunidade da Igreja, que não permanece em seu interior, não está unido ao Deus de Jesus Cristo”, completou.
Membros de vários movimentos, como o Comunhão e Libertação e os Legionários de Cristo, entre outros, chegaram ao Vaticano procedentes de todo o mundo para participar neste grande encontro de Pentecostes organizado como parte do “Ano da Fé” pelo ministério para a Nova Evangelização, criado em 2010 por Bento XVI.

Ao fim da missa, o Papa pronunciou ao meio-dia a tradicional Regina Caeli: “Queria agradecer a todos os movimentos, todas as associações, as comunidades e grupos eclesiásticos. Sois um dom e uma riqueza para a Igreja”, disse.

(Reuters) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.