Programa das Nações Unidas seleciona projeto da UEA sobre segurança na Amazônia

Nesta foto da Amazônia, a estrela é a Vitória Régia
Nesta foto da Amazônia, a estrela é a Vitória Régia

Amazônia – O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp), selecionou o projeto “Segurança cidadã na região Norte do Brasil: percepções social e institucional sobre homicídios na Amazônia Ocidental”, coordenado pelo professor Antonio Gelson de Oliveira Nascimento. O objetivo é realizar o levantamento e mapeamento dos homicídios nas capitais da Amazônia (Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima).

O projeto selecionado será realizado em cooperação com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP/AM), por meio do seu Núcleo de Estudos e Pesquisas Aplicadas em Segurança Cidadã – Nepas. O objetivo da pesquisa é estudar os homicídios nos municípios de Boa Vista/RR, Porto Velho/RO, Manaus/AM e Rio Branco/AC por meio de análises de percepções de diferentes atores sociais acerca dos envolvidos, da motivação e da resposta dada pelo Sistema de Segurança Pública e de Justiça Criminal ao fenômeno das mortes violentas.

“A proposta é descrever e analisar as percepções dos diferentes atores sociais acerca dos homicídios quanto aos envolvidos, da motivação e da resposta dada pelo Sistema de Segurança Pública e de Justiça Criminal. Para isso, será realizada uma pesquisa qualitativa, com foco nos homicídios dolorosos registrados nas cidades de Boa Vista, Porto Velho, Manaus e Rio Branco. A coleta das percepções desses atores em relação à dinâmica dos homicídios será feita por meio da realização de entrevistas e da aplicação de questionários”, afirmou Gelson.

A pesquisa, ao ser concluída, fará parte da primeira fase do Pacto Nacional pela Redução de Homicídios, que está sendo elaborado pelo Ministério da Justiça, e tem por finalidade qualificar e subsidiar a elaboração de políticas públicas vinculadas a esta temática em todo o território nacional. A equipe multidisciplinar coordenada pelo Professor Antônio Gelson, demógrafo e docente do Programa de Mestrado Profissional em Segurança Pública da UEA, conta com pesquisadores e alunos da UEA e de outras instituições de ensino e pesquisa do Brasil.

As atividades serão custeadas por meio do financiamento do PNUD no âmbito do Projeto BRA/04/29 – Segurança Cidadã – Edição Especial Homicídios, firmado com a Senasp/MJ.

“Os questionários serão aplicados aos atores com maior representatividade, com o propósito de coleta extensiva de dados, de modo a possibilitar as respostas e tabulação dos dados de forma padronizada e ágil’, afirmou. Segundo o autor, o projeto é de relevância para o Pacto Nacional pela Redução de Homicídios por ser uma pesquisa de cobertura regional.

“A redução dos homicídios é um dos principais desafios da Política Nacional de Segurança Pública. Não se trata de um problema recente e muito menos circunscrito a uma unidade da federação e/ou região. Buscando reverter esse quadro, a Secretaria Nacional de Segurança Pública tem se voltado para a construção de políticas públicas que se mostrem eficazes na prevenção e redução da violência de maneira geral, bem como das taxas de homicídio, de maneira particular”, concluiu Antônio. A pesquisa de campo terá início ainda em dezembro com final previsto para junho de 2016.

Apoio –

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento executa diversos projetos em diferentes áreas. Neles, o PNUD oferece aos parceiros apoio técnico, operacional e gerencial, por meio de acesso a metodologias, conhecimentos, consultoria especializada e ampla rede de cooperação técnica internacional.

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento humano, o combate à pobreza e o crescimento do país nas áreas prioritárias, o PNUD busca alinhar seus serviços às necessidades do país. Os projetos são realizados em parceria com o Governo Brasileiro, instituições financeiras internacionais, setor privado e sociedade civil.

Amazonianarede

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.