Prefeitura reinaugura Bergão com Campeonato de Jiu-Jitsu

A Prefeitura de Manaus reinaugurou, neste sábado, 04, o ginásio Ninimberg Guerra, o Bergão, São Jorge, zona Oeste. Fechado há dois meses para reforma, o espaço foi reaberto com a realização do Campeonato Amazonense de Jiu-Jitsu. Durante a reinauguração, o prefeito Arthur Virgílio Neto, único lutador de Jiu-Jitsu faixa coral da região Norte, foi homenageado por suas contribuições ao esporte local.

“Essa foi uma obra da administração direta, barata e funcional e que simboliza um templo sagrado do Jiu-Jitsu no Amazonas. Assim como o Flamengo tem o Maracanã e o Botafogo o Engenhão, o Jiu-Jitsu local tem como casa o Ninimberg, apesar de o ginásio servir para muitas outras competições. Essa reforma representa muito para os lutadores, porque para mim o esporte não se faz somente com a garra, é preciso oferecer condições físicas para se formar campeões”, destacou o prefeito.

De acordo com o subsecretário de Infraestrutura, Antonio Peixoto, a reforma do Ninimberg custou quase R$ 50 mil e incluiu a recuperação do telhado e arquibancadas, restauração do piso, banheiros e gradil, além da pintura de toda a estrutura do ginásio.

Além da homenagem ao prefeito, a reabertura também foi marcada pela realização do 26°Campeonato Amazonense de Jiu-Jitsu, promovido pela Federação de Jiu-Jitsu do Amazonas (FJJAM), com apoio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej). O evento continua neste domingo, 05, com as finais das competições até a faixa azul, e no próximo final de semana com as lutas dos competidores das faixas roxa, marron e preta.

Este ano, três mil atletas se inscreveram no campeonato, batendo o recorde dos anos anteriores. A premiação também trouxe novidade. Com o patrocínio da Prefeitura, os vencedores recebem passagens aéreas para participar do Mundial de Jiu-Jitsu, na Califórnia.

“O atleta muitas vezes ganhava o Campeonato Amazonense e não ganhava o direito de ir para o Mundial porque não tinha a passagem. Hoje, ele ganha a competição e, automaticamente, ganha a passagem e o direito de representar a Região em outro país”, destacou o secretário municipal de Desporto, Lazer e Juventude, Fabrício Lima.

Ainda segundo o secretário, outros espaços esportivos deverão ser reformados pela administração direta dentro do Plano de Obras para o Verão, como o ginásio do Japiim, zona Sul, do Canaranas, zona Norte, e do Zumbi, zona Leste, que “precisam de pequenos reparos, que não custam caro, mas trazem mais dignidade para os esportistas e para população como um todo”, concluiu Fabrício.

Para os praticantes da modalidade, a competição deste ano representa um grande passo para o profissionalismo. “Esse campeonato se tornou um marco na história do Jiu-Jitsu amazonense, até porque não existia premiação para representar o Estado no Mundial. Lutei o primeiro campeonato faixa preta aqui mesmo no Ninimberg. Por isso posso dizer que o “Bergão” é uma peneira dos atletas de alto rendimento que podem fazer bonito lá fora”, afirmou o faixa preta amazonense Omar Salum.

Reportagem: Alita Menezes – Foto: Tácio Melo – SEMCOM

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.