Prefeitura entrega primeira etapa do Corredor Viário do Mindu

Amazonianarede – PMM

A Prefeitura de Manaus entrega à população, nesta terça-feira, dia 26, a primeira etapa do Corredor Viário do Mindu, na zona Leste, que receberá o nome do empresário amazonense Nathan Lemos Xavier de Albuquerque.

A obra viária, que interliga a Rua João Câmara, no bairro Novo Aleixo e a Avenida das Torres, integra o Programa de Recuperação Ambiental e Requalificação Social e Urbanística do Igarapé do Mindu (Corredor Ecológico do Mindu), que prevê a retirada de três mil famílias que moram no entorno do igarapé do Mindu (30 metros da margem), ao longo dos 17 quilômetros, para reurbanizar, recuperar e preservar o corredor ecológico do igarapé, que é protegido por lei.

Neste trecho específico, a obra fará a ligação viária entre o Parque Linear 2 – que vai da Rua João Câmara até a Avenida Grande Circular, nas proximidades do Igarapé do Mindu – e Avenida das Torres. O sistema viário tem extensão de aproximadamente três quilômetros, com pista de escoamento nos dois sentidos, com 10,80 metros de largura cada uma. A via possui ainda contenção lateral em grama, canteiro central de dois metros e iluminação pública artística, que favorece árvores, arbustos e grama, além de passeios laterais, também com dois metros.

Foram executados serviços de galeria celular dupla, para transposição do Igarapé do Geladinho e construção de ponte sobre o Igarapé do Goiabinha. As intervenções promovem a integração viária entre as zonas Leste e Centro-Sul e resguardam fragmentos de áreas verdes ainda existentes, intimidando novas invasões.

O corredor A obra total do Corredor Viário do Mindu faz parte de um projeto de macro e micro drenagem, financiado pelo Ministério das Cidades, por meio da Caixa Econômica Federal.

O corredor ligará a Avenida Grande Circular, Zona Leste, à Avenida das Torres, na Zona Centro-Sul e inclui a desapropriação de 1,2 mil casas, localizadas à margem do igarapé do Mindu, no trecho entre os bairros Novo Aleixo e Jorge Teixeira, Zona Leste.

O programa de obras para a primeira etapa da obra foi dividido em sete pontos principais de trabalho: Nascente (Centro de Vigilância Nascente do Mindu), já concluído; a ponte José Romão (em fase de conclusão), Parque Linear 1 (que vai da ponte João Câmara até a avenida Grande Circular), Parque Linear 2 (inicia na avenida Grande Circular até o Centro de Monitoramento) e o Corredor Viário que vai da rua João Câmara, bairro Colina do Aleixo até a avenida das Torres, com uma ligação viária até a avenida Tancredo Neves, no bairro Parque Dez.

Quem foi Nathan Lemos Xavier de Albuquerque

O amazonense Nathan Lemos Xavier de Albuquerque é considerado um dos maiores empreendedores da Amazônia durante as décadas de 1950, 1960, 1970 e 1980.

Criou empresas como uma fábrica de gelo cristal no meio do rio Negro, deu início ao sistema de recauchutagem de pneus, com a Hevea da Amazônia Ltda., adquiriu por compra a Fábrica de Guanará Baré, tornando o produto um dos mais saborosos na espécie, ingressou na comercialização de veículos, e fundou a Moto Honda da
Amazônia Ltda, considerada a maior indústria do Polo Industrial de Manaus, e trouxe o Novotel para a região. Nathan, como gostava de ser chamado (seu nome era Nathaniel), morreu em 3 de janeiro de 2013.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.