Prefeito Arthur Neto lamenta morte prematura de Thomás Alckmin

"A queda do helicóptero foi uma tragédia absurda", disse Arthur Neto
"A queda do helicóptero foi uma tragédia absurda", disse Arthur Neto
“A queda do helicóptero foi uma tragédia absurda”, disse Arthur Neto

Manaus – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lamentou a morte do filho mais novo do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ocorrido na tarde desta quinta-feira, 2, em um acidente de helicóptero.  Para Arthur, não há notícia mais dura do que a morte de um filho. “Um pai nunca deve enterrar a prole. Um filho que perde um pai é órfão. Uma esposa que perde o companheiro torna-se viúva. Mas não há palavra que defina quem perde um filho. É uma das poucas forças que invertem o fluxo normal da natureza”, disse.

O prefeito afirmou estar consternado e prestou toda a solidariedade ao amigo e colega de partido Geraldo Alckmim e à esposa dele, Lu Alckmim, prestando condolências também aos familiares das outras vítimas da tragédia.
“A queda do helicóptero foi uma tragédia absurda. Que reforcemos nossas orações nesta Semana Santa”, concluiu.
A Prefeitura de Manaus enviou nota de pesar na noite desta quinta-feira para o governador de São Paulo por meio da Casa Civil, lamentando o falecimento precoce de Thomás Alckmin.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.