Ponte Ilhas Gregas será entregue no final deste mês

17-12ilhasA Prefeitura de Manaus vai entregar até o final deste mês a Ponte Ilhas Gregas, que ligará a Ponta Negra à Avenida do Turismo, por dentro do condomínio Alphaville, na zona Oeste.

A obra é uma alternativa para o escoamento de veículos em dias de grandes eventos naquela área, como o réveillon da cidade, realizado pela prefeitura no complexo turístico.

Executada há oito meses por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), a ponte possui 55 metros de extensão e 15 de largura. Para sua estrutura, foram compactados 3200 m³ de aterro para a instalação de cem estacas com 16 metros de profundidade. A estrutura se justifica devido ao empreendimento ficar sobre o Igarapé do Gigante, um dos maiores da área e com forte correnteza.

Com 95% das obras concluídas, a ponte está com os trabalhos de infraestrutura em concreto e estrutura metálica finalizados. Na construção estão sendo utilizadas 170 toneladas de aço de estrutura metálica, que são as vigas. Setenta trabalhadores da Seminf, entre técnicos e operários, executam os serviços finais no local.

Atualmente, a obra encontra-se em fase de revestimento asfáltico, com a implantação de guarda-corpo, sinalização, urbanização e limpeza final.

A pavimentação é feita com brita graduada, concreto e revestimento asfáltico. A brita graduada é uma mistura de britagem, concreto e areia que proporciona um pavimento mais resistente. “Em obras de arte como viaduto, passagem de nível e ponte, é recomendável o uso de brita graduada para dar reforço à base e proteção à estrutura do talude. Além dessas vantagens, esse tipo de material evita infiltração e, assim, oferece uma pavimentação de maior qualidade”, explica o engenheiro da Seminf, Edmilson Leão.

Outra característica da brita é a possibilidade de ser trabalhada mesmo em dias de chuva. Por conta disso, o andamento da obra não foi comprometido durante o processo de construção.

A drenagem superficial com 470 metros de meio-fio e sarjeta também está sendo concluída. De calçada serão 700 m² com dois metros de comprimento. A iluminação será reforçada com a implantação de quatro postes com lâmpadas de LED.

Homenagem

Quando estiver concluída, a estrutura vai passar a se chamar oficialmente Ponte Otávio Bezerra da Câmara, uma homenagem ao engenheiro civil, formado em 1974 pela antiga Universidade do Amazonas (UA), hoje Ufam, e falecido em 1986.

Foto: Alexandre Fonseca

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.